4 de set de 2007

A CARTA


A carta

Em uma carta de um jornal estava escrito o seguinte:
Atenção: Nota importante. ”Precisa-se urgente de uma pessoa”
Mas uma pessoa que seja simplesmente diferente da maior parte de toda a população.
De uma pessoa que:
•Não se deixa levar pelos fatos.
•E sim de uma que relacione os acontecimentos ao seu redor.
•Não seja indiferente com os outros.
•E sim de uma que estenda a mão sempre que alguém precise de sua ajuda e esteja sempre disposto a ajudar ou tentar fazer o possível para ajudar.
•Não seja materialista.
•E sim de uma que saiba compartilhar com as pessoas que tem menos que ela.
•Não se importe com a beleza física.
•E sim de uma que sempre esteja olhando a verdadeira beleza que há dentro de cada ser humano.
•Não faça julgamentos alheios das pessoas.
•E sim de uma que saiba apontar o erro e dizer como concerta-lo.
•Não seja um crítico da vida.
•E sim de uma que critique os pontos negativos mostre como tornar-los positivos.
•Não faça guerras.
•E sim esteja apaziguando os conflitos.
•Não faça bombas químicas para as guerras.
•E sim cultive flores com perfumes suaves.
•Não construa impérios em pro de si mesmo.
•E sim fortalezas para que seja seu forte seguro e de muitos outros
•Não se importe com as cores.
•E sim de uma que use-ás para fazer um arco-íris.
•Não seja preconceituosa.
•E sim saiba respeitar a opção e gosto de cada um.
•Não odeie á todos.
•E sim de uma que ame ao próximo independente de sua raça de sua cor de sua classe social de sua opção sexual assim com Jesus Cristo nos amou.
•Não pense em si próprio.
•E sim de uma que use seus pensamentos para beneficiar a todos.
•Saiba perdoar, pois quando precisar também possa ser perdoada.
•Seja sempre a mesma e não tente mudar só porque os outros querem.
•Acredite em si mesma e seja sempre otimista.
Se você se encaixa nos padrões acima, não nos procure, e sim continue usando o que sabe sempre para o bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu