30 de dez de 2012


27 de dez de 2012

Hora de Recomeçar

A cada manhã, o Pai lhe abençoa com novas oportunidades, mas é preciso que abra as portas do seu coração.
Trancado no passado, não consegue ir adiante.
O ontem tem que servir como lição, jamais como prisão.
Se não parar para auscultar a sua alma, como poderá compreender o mundo que o cerca?
Muitas vezes, clama contra a influência que os espíritos infelizes exercem em sua vida, mas esquece-se de que toda e qualquer ação só se concretiza com o seu consentimento.
Entra em comunhão com a espiritualidade superior e outros serão os rumos dos seus pensamentos. Repete que se encontra mergulhado no sofrimento, mas insistindo em permanecer de braços cruzados a dor só aumenta.

Há quanto tempo não realiza um singelo gesto de amor?
Ah, a caridade, grande remédio capaz de curar todos os males.
Enxuga lágrimas alheias e verá como as suas lágrimas deixarão de cair.
A solidão que muitas vezes sente é resultado das horas de inércia em que seu Espírito se encontra.Escuta e atende aos constantes apelos da vida.

Agora mesmo, ela está lhe chamando para viver!
É hora de largar o veneno da descrença e dar o primeiro passo, afinal as mudanças são construídas gradativamente.

E o que tem construído para sua vida? 
Hoje a colheita representa o que ontem foi semeado, mas ao invés de culpas, é hora de discernimento. 
E também de perseverar pelos frutos que amanhã serão colhidos.

Nova semeadura... E a responsabilidade também é sua!
O desespero jamais será bom companheiro!
Nem tampouco a revolta lhe auxiliará a encontrar novas estradas.
Agora a prece, essa sim, sempre será o bálsamo que o acalmará e lhe orientará.

Quantos caminhos lhe aguardam...
Não se queixe da vida, a prova pela qual passa, em verdade, é o remédio para sua cegueira espiritual.
Observa quanto amadurecimento a dor traz quando enfrentada com serenidade.
Encontra-se na Terra para evoluir e para tanto os aprendizados são necessários e esses só terminam quando cumprem o papel de ensinar.
Não desanime!

Os reveses são naturais, não encontrará na Terra, mundo de provas e expiações, alguém que só encontre facilidades.

Por que se considera tão incapaz?

De fato, é um Espírito que traz fragilidades, mas quanto potencial ainda encontra-se adormecido em seu íntimo.

Aprende que é no exercício de cair e levantar que o Espírito se fortalece.
É preciso, portanto, cada dia, despertar ao lado da confiança e da coragem!
E com elas abraçar a vida que lhe aguarda.
Ao invés de gastar suas energias com lamentações, tristezas e amarguras, abre espaço para a esperança, para a alegria, para o amor em sua vida.

Impossível? Busca o Evangelho de Jesus e terá a bússola que lhe guiará.
Busca, reconforta-se, sente-o, mas principalmente vivencia-o e assim estará a acender o verdadeiro farol que jamais se apagará e o conduzirá, seja nas noites escuras ou de tempestade.

Desperta e caminha!
Sim, a cada manhã, o Pai lhe concede novas páginas para escrever sua vida, mas não olvide que a escolha das cores a serem usadas será sempre sua.
Confia na intercessão divina, e permanece a perseverar.

Há uma obra lhe esperando!
Definitivamente, chegou a hora de recomeçar...

Fonte -  Sonia Carvalho
soniacarvalho0707@gmail.com

=======================================

23 de dez de 2012

Crise no Edén


A origem do termo Éden, em hebraico, parece derivar da palavra acadeedinu, que deriva do sumério edin. Em todas estas línguas a palavra significa "planície" ou "estepe". No entanto, o Gênesis nos conta que o Éden era uma espécie de jardim das delícias, com os frutos mais variados e suculentos, onde Adão e Eva viviam em felicidade plena, sem envelhecer, ou trabalhar, ou adoecer. O mito nos conta que Deus havia feito este tal acordo com o primeiro homem e a primeira mulher: poderiam viver indefinidamente em seu jardim, sem conhecer a fome e a morte, contanto que jamais comecem do fruto do conhecimento do bem e do mal.
Mas, estranho de se pensar: seria a ignorância a razão de sua felicidade? Adão e Eva eram imortais, mas todo animal é imortal, na medida em que não desenvolveu a consciência e, dessa forma, não sabe que vai morrer. O mito nos conta que eles foram expulsos do Éden, que "tomaram conhecimento de sua própria nudez", mas não seria este momento exatamente o grandioso despertar da consciência humana? O momento em que souberam que eram um ser a parte, com vontade própria? Quando compreenderam que eram como qualquer outro animal, exceto pelo fato de que sabiam que iriam morrer? Neste sentido, a questão da existência não é a morte em si, que é fato, mas sim o que faremos desta vida, desta angústia quase insustentável de termos uma alma, algo tão infinitamente belo e frágil, sem sabermos ao certo o que fazer dela...

Sigmund Freud certa vez disse que houveram três feridas narcísicas [1] na humanidade que tiveram como consequência uma mudança significativa na forma como o homem vê a si próprio. Os três pensadores responsáveis por elas foram Nicolau Copérnico, Charles Darwin e o próprio Freud. Eu tendo a ver a análise de Freud como a análise de uma crise da alma humana, mas todas as crises geram admiráveis oportunidades para a elevação de nossa consciência, ao menos para aqueles que tem olhos atentos nas leis da Natureza:
Não estamos no centro
Inspirado por ideias de manuscritos antigos, Copérnico foi o primeiro cientista moderno a contrariar a ideia comum de que a Terra estava situada no centro do Cosmos, e que mesmo o Sol girava em seu redor. Com o heliocentrismo, que foi posteriormente comprovado por observações de Galileu Galilei, o homem se viu destituído do centro mítico do universo. Assim como Narciso, que só conseguia admirar sua própria imagem refletida no lago, o homem antigo acreditava que habitava a morada central, algum ponto importante do infinito...
Mas, estranho de se pensar: como pode o infinito ter um centro? Que importa se é a Terra que gira em torno do Sol, ou o contrário, se hoje sabemos que tudo se encontra catapultado em direção a tal imensidão, e que mesmo o nosso Sol é somente um dentre bilhões de outros sóis? Ainda que a Terra gire em seu torno, o Sol não está fixado em centro algum, mas viaja pelo Cosmos como um pedaço de poeira ao vento matinal. No Cosmos, afinal, nada se perde, mas tudo flui, e se metamorfoseia, se transforma. Somos formados por poeira de estrelas, e nossos átomos são emprestados do mesmo conjunto de átomos que forma tudo o que há.
Dessa forma, todos os pontos estão igualados - o centro não existe, mas se encontra espalhado por todos os lugares.
Não fomos criados perfeitos
Diz o mito que uma bela ninfa, chamada Eco, estava perdidamente apaixonada por Narciso. Mas o belíssimo rapaz, embriagado pelo próprio reflexo, se julgava um deus e, dessa forma, indigno da afeição de uma mera ninfa... Talvez tenha sido um pensamento parecido que levou o homem a se julgar um ser superior em meio a natureza e aos demais animais. Havia sido criado perfeito, pelo próprio Deus, ainda no Éden, de onde havia sido expulso por desejar adquirir conhecimentos proibidos. Isto tudo foi questionado pela teoria de Darwin e Wallace, que postulava que o homem não havia sido criado como era hoje, mas que veio evoluindo pela árvore da vida, desde uma simples bactéria, por bilhões de anos, e por milhões de espécies distintas.

Mas, estranho de se pensar: como poderia o homem ser uma criação perfeita se, ainda no Éden, havia muitas coisas que desconhecia? Veja bem: o fruto que comeu, e que causou sua expulsão do jardim das delícias, trazia não somente o conhecimento do mal, como do bem. Se o homem não conhecia o mal, tampouco conhecia o bem. Era, dessa forma, um perfeito ignorante - como vimos, nem mesmo conhecia sua própria mortalidade.
Hoje sabemos, através da biologia, que o homem não surgiu do nada, nem tampouco é perfeito, mas que evoluiu através das adversidades, de sua relação com o meio ambiente a volta. Darwin disse que através da "guerra da fome e da morte", a evolução das espécies "tendia a perfeição". Mas a perfeição a que ele se referia não era uma perfeição final, derradeira, mas um eterno "vir a ser", um aprendizado sem fim. Não há nada mais sinistro do que a perfeição, se o próprio universo fosse perfeitamente simétrico desde o início do espaço-tempo, matéria e anti-matéria teriam se aniquilado mutuamente, e nada mais haveria do que vácuo e vazio - nenhum lampejo de luz numa escuridão fria, simétrica. Para nossa sorte, a Natureza nunca foi totalmente perfeita. E, quem somos nós, senão crianças em constante aprendizado?
Dessa forma, todos temos de seguir nesta trilha ancestral - a perfeição está no caminho, e não na chegada.
Não conhecemos sequer nossa casa
Coube ao próprio Freud redescobrir o inconsciente humano, aquele mesmo que se mostrava, antigamente, nos mais variados mitos. Pois que mitos nada mais são do que os fatos da mente encenados em ficções, histórias que eram passadas adiante pelos contadores e menestréis... Diz ainda o mito de Narciso que Némesis, a deusa da vingança e da ética, condenou-o por haver ignorado solenemente o amor da ninfa, que terminou por definhar em desilusão. Mesmo o próprio Narciso, condenado a contemplar sua bela face no lago, terminou por definhar e morrer, assim como Eco. Mas, quando foram buscar seu corpo, encontraram apenas uma flor, a flor da alma que havia morrido para a beleza do ego, e agora contemplava uma beleza ainda mais profunda.
Se antes Narciso andava distraído por sua própria beleza, e não observava o mundo a volta, agora havia morrido, e renascido. Um belo mito, que demonstra que nem todas as punições divinas são aquilo que imaginamos a primeira vista. Némesis teve sim compaixão, mas sobretudo senso de justiça: todos, afinal, precisam reavaliar seus atos, até que se conheçam verdadeiramente, até que compreendam os meandros e os monstros de seu próprio inconsciente.

Se Freud encontrou tantos traumas e tanta escuridão nas mentes mais comuns, é porque a era moderna carece de seus mitos, de modo que somente alguns poucos conseguem ser, ainda, psicólogos de si mesmos. Toda a filosofia se encontra aí: autoconhecimento. A filosofia é a verdadeira autoajuda, e conhecer aos próprios pensamentos, sem medo, sem culpa, é a única forma de lapidar a alma, transformar chumbo em ouro, e renascer, como a lótus, em meio ao charco dos desejos desenfreados - agora, devidamente controlados pela vontade.
Dessa forma, foi preciso que uma grande crise se abatesse sobre a alma para que percebêssemos o que somos - hóspedes em nossa própria mente, mas sempre a procura do Anfitrião.
O despertar
Assim como Narciso, Adão e Eva despertaram para uma existência própria, e deixaram de contemplar a Deus - seja indiretamente, pelo amor a própria beleza, seja diretamente, pelo espanto ante tal imenso jardim. Estavam em crise em meio ao próprio Éden, mas tal crise lhes trouxe a oportunidade de serem, enfim, seres que possuem vontade. E assim que puderam, finalmente, escolher por conta própria, escolheram caminhar a frente, em Sua direção, para não somente contemplar, mas compreender... E, em compreendendo, tornarem-se nesta Criação, cocriadores!
***
[1] Referência ao mito de Narciso, que ainda é revisitado ao longo do artigo.
Crédito da imagem: Robert Recker/Corbis

Fonte - http://textosparareflexao.blogspot.com/2012/10/em-crise-no-eden.html

====================================================================

O ANTÍDOTO PARA A ACELERAÇÃO DO TEMPO: "M & M"

Felizmente há um antídoto: Mude e Marque. Mude, fazendo algo diferente e

 marque, fazendo um ritual, uma festa ou registros com fotos. Mude de

 paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e,

 preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e

 marque com fotos, cartões postais e cartas. Tenha filhos (eles destroem a

 rotina) e sempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando

 o evento e diferenciando o dia); Use e abuse dos rituais para tornar

 momentos especiais diferentes de momentos usuais. Faça festas de noivado,

 casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe da

 formatura de sua turma, visite parentes distantes, vá a uma final de

 campeonato, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe

 a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, ou faça os

 enfeites com frutas da região e a participação das crianças, vá a shows,

 cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo. Escolha roupas

 diferentes, não pinte a casa da mesma cor - faça diferente. Beije diferente

 sua paixão e viva com ela momentos diferentes. Vá a mercados diferentes,

 leia livros diferentes, busque experiências diferentes. Seja diferente.  Se

 você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu

 marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras

 culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos... em outras

 palavras... V-I-V-A. Porque se você viver intensamente as diferenças, o

 tempo vai parecer mais longo. E se tiver a sorte de estar casado(a) com

 alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito

 mais longo, muito mais interessante e muito mais v-i-v-o... do que a maioria

 dos livros da vida que existem por aí. Se você não tiver mais a esposa, ou o

 marido, erque-se de amigos. Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares

 diferentes, com religiões diferentes e que gostam de comidas diferentes.

 Enfim, acho que você já entendeu o recado, não ? Boa sorte em suas

 experiências para expandir seu tempo, com qualidade, emoção, rituais e vida.

 

VEJA A SEGUIR ALGUMAS PERGUNTAS QUE VOCÊ PODE FAZER AO SEU MÉDICO:

O que acontecerá ser eu não tratar os eventos de ondas de calor?

O que posso fazer quando sinto ondas de calor?

Existe alguma dieta ou programa de exercícios especiais que eu possa tentar para aliviar os efeitos das ondas de calor?

Por quanto tempo durarão tais efeitos?

Alguma mudança na medicação pode ajudar?

Que tipos de medicação eu poderia tomar para aliviar as ondas de calor?

Por quanto tempo eu deverei tomar a medicação para ondas de calor?

A medicação que você me indicará pode afetas outras condições médicas que eu tenho?

A medicação pode ter efeitos colaterais sobre os quais eu deveria saber? Ela poderá interagir com outros medicamentos que eu esteja tomando?

Existem remédios alternativos que eu possa tentar para ondas de calor?

Quando eu deveria voltar para uma consulta de acompanhamento?

 

PRATIQUE SUA CAPACIDADE - Nélio da Silva

As pessoas podem duvidar daquilo que você diz; mas elas acreditam naquilo que você faz.
Lewis Cass


É muito importante desenvolver as suas habilidades. Mas não faz sentido desenvolvê-las a menos que você as coloque em uso. Esteja pronto. Prepare-se. Torne-se competente e, então, certifique-se de fazer algo de genuíno valor com a sua vida.

Não é suficiente perguntar: "O que eu preciso?"; é imperativo que você também pergunte: "O que eu vou fazer com isto?". É muito fácil perder a perspectiva, ao desenvolver mais e mais capacidade, se não existe a prática desta capacidade. Qual o propósito para o terceiro doutorado, quando nem o primeiro apresentou a sua praticidade?

Não há dúvida de que a excelência vem com a preparação, porém, a excelência não está só e isoladamente na preparação. A preparação é nula quando não existe performance. Aprenda e memorize o seu texto, a seguir vá para o palco e enfrente a sua audiência. Treine e pratique, a seguir entre para a arena competitiva do campo para jogar. Escreva, revise, edite, a seguir publique o seu trabalho para que o mundo possa ver. Através das escrituras, Deus tem nos declarado que até mesmo a fé, quando não acompanhada por obras, é morta. Portanto, prepare-se com toda a diligência e, depois, faça aquilo para o qual você tão bem se preparou para fazer.


=====================================================

22 de dez de 2012

Feliz Natal


OLHOS HUMANOS




Se você parar agora e olhar para a sua situação real, se você analisar crua e friamente o seu momento, o que vai te restar? Não, para e pensa, se formos olhar pelo lado humano da coisa, onde você pode chegar?. De repente, você responde que está tudo bem quando te perguntam sobre a situação, mas é uma resposta automática, porque no fundo no fundo não tá nada bem, sua vida está um caos, ou muito perto de chegar lá. Talvez esteja vivendo dificuldades no relacionamento, esteja sentindo-se só, doente, abandonado por todos, cheio de dívidas, com sentimento de frustração e revolta. Você olha de um lado, problemas, de outro problemas, para baixo, mais problemas e se olhar para o alto é capaz de passar um pássaro e "derrubar a titica" em você...
Aos olhos do mundo, você está: derrotado(a)!. Mas, o mundo não responde com os olhos humanos, nem tampouco repara na sua situação atual, o que realmente importa é o sentimento que você carrega. Presta atenção que isso é muito importante e muita gente consegue arrancar fortunas, felicidade, saúde, amor e muito mais até das pedras e nas situações mais adversas, graças ao sentimento de vitória, a certeza de seus ideais e uma vontade verdadeira de mudar tudo. Olha o exemplo de Ford, que não tinha um tostão, foi ridicularizado por diversos banqueiros, mas não desistiu enquanto não colocou a sua empresa fabricando carro em série.
Abrahan Lincoln, o décimo sexto presidente dos Estados Unidos da América, nasceu em berço humilde. Aos 21 anos de idade sabia apenas ler e escrever. Foi lenhador, agricultor e comerciante. Mais tarde formou-se em direito e se iniciou na advocacia, em 1836.

Olha o quadro da sua vida:
1816 - Sua família é despejada de casa por falta de pagamento do aluguel. tem que trabalhar para manter a casa.
1818 - Morreu a mãe que ele adorava.
1831 - Montou comércio e quebrou.
1832- Candidato a governado. perdeu.
1832 - Perdeu seu trabalho. Quer estudar Direito, mas não consegue entrar na Faculdade.
1833 - Pediu dinheiro emprestado a um amigo, montou um negócio e no final do ano faliu (perdeu tudo). (passou quase 17 anos pagando a dívida).
1834 - Candidato a Assembléia Estadual - Ganhou.
1835 - Compromete-se a casar. Sua noiva morre em acidente terrível.
1836 - Teve um colapso nervoso e passa seis meses em cima de uma cama.
1838 - Candidato a porta voz da legislatura estadual e perde.
1840 - tenta a reeleição estadual e perde.
1843 - Candidata-se ao Congresso e finalmente ganha.
1848 - Tenta a reeleição ao Congresso. Perdeu.
1849 - Tenta ser Chefe de Cadastro de seu Estado e perde.
1854 Candidata-se ao Senado - perde
1856 Tenta convencer o partido a ser candidato a vice presidente na chapa e tem menos de 100 votos. perdeu!
1858 Candidata-se ao Senado novamente. Perdeu.
1860 Finalmente, eleito presidente dos Estados Unidos da América.

Diga-se de passagem, um dos maiores presidentes dos E.U.A, mas para atingir esse posto, só com muita perseverança, vontade e determinação, assim como o nosso Lula, 3 derrotas seguidas (perdeu até para o Collor!!), e mesmo assim, não desistiu de sonhar, de acreditar e lutar por esse sonho. Então, se você quer mudar a sua vida, não olhe para trás, não olhe para as limitações, para as falhas, para as dívidas, para a vergonha, para os "pseudos amigos", olhe para a sua meta, para o seu objetivo e coloque Deus na sua frente, o resto é resto e conversa fiada para tirar você da sua vitória. A decisão é sua, ficar na lamentação, arrumando pretexto para continuar a mesma pessoa, na mesma vidinha, ou transformar-se em exemplo vivo para a história, ser um vencedor, uma pessoa vitoriosa. Onde você quer chegar hoje?


Paulo Roberto


======================================================

21 de dez de 2012

SALVANDO OS PEDAÇOS QUEBRADOS


            No palácio real de Teerã, no Irã, você pode ver um dos mais bonitos trabalhos em mosaico do mundo. Os tetos e as paredes cintilam como diamantes com reflexos multi-facetados. Originalmente, quando o palácio, foi projetado, o arquiteto especificou enormes folhas de espelhos para as paredes.

            Quando o primeiro carregamento chegou de Paris, descobriram que os espelhos estavam todos quebrados.  O empreiteiro mandou jogar tudo ao lixo e levou a triste notícia ao arquiteto. Surpreendentemente, o arquiteto ordenou que todas as peças quebradas fossem recolhidas, quebradas em pedaços ainda menores e, então,  coladas às paredes, transformando-se em um mosaico prateado e cintilante.  Quebrado para tornar-se belo ! É possível transformar cicatrizes em estrelas.É possível ser melhor exatamente por ter se quebrado.
É extremamente raro encontrar nos grandes museus do mundo, objetos de Antigüidade que estejam inteiros. Certamente, algumas das peças mais preciosas
do mundo são apenas fragmentos que remanescem como um lembrete consagrado de um passado glorioso. 

            Jamais subestime o poder que Deus tem para reparar e restaurar.  Que Deus esteja sempre com você, Mas que acima de tudo você esteja sempre com Deus!            

Tradução de Sergio Barros - texto de Robert Schuller

 
============================================= 

18 de dez de 2012

Tudo depende de mim



Hoje, levantei cedo, pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia-noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje.
Posso reclamar por que está chovendo... ou agradecer as águas por lavarem a poluição.
Posso ficar triste por não ter dinheiro... ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.
Posso reclamar sobre minha saúde... ou dar graças por estar vivo.
Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria... ou posso ser grato por ter nascido.
Posso reclamar por ter de ir trabalhar... ou agradecer por ter trabalho.
Posso sentir tédio com as tarefas da casa... ou agradecer a Deus por ter um teto para morar.
Posso lamentar as decepções com amigos... ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.
Se as coisas não saíram como planejei, posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está, na minha frente, esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma.
Tudo depende só de mim.
Charles Chaplin


Leia mais: http://www.cpt.com.br/para-refletir/tudo-depende-de-mim#ixzz2FMohk8Ti

===============================================

17 de dez de 2012

Valorize o que você tem

O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:
- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor tão bem conhece. Será que o senhor poderia redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:
"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer, no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão. A casa banhada pelo sol nascente, oferece sombra tranquila das tardes, na varanda".

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio. Nem pensei mais nisto, disse o homem. Quando li o anúncio, é que percebi a maravilha que tinha! Às vezes, não descobrimos as coisas boas que temos e vamos longe, atrás da miragem de falsos tesouros.

Valorize o que você tem, a pessoa que está ao seu lado, os filhos, os amigos que estão perto de você, o emprego que Deus lhe deu, o conhecimento que você adquiriu, a saúde, o sorriso... Estes são os seus verdadeiros tesouros.


Leia mais: http://www.cpt.com.br/para-refletir/valorize-o-que-voce-tem#ixzz2FGwhdZ9a

======================================================================

14 de dez de 2012

AS ÁGUIAS PARA FORA...



             Quando as tempestades da vida surgem escuras à minha frente, 
            Me recordo de maravilhosas palavras que uma vez eu li. E digo a mim mesmo: Quando pairarem nuvens ameaçadoras, não dobre suas asas e não fuja para o abrigo.
            Mas, faça como a águia, abra largamente as suas asas E decole para bem alto, Acima dos problemas que a vida traz.
            Pois a águia sabe que quanto mais alto voar, Mais tranqüilos e mais brilhantes tornam-se os céus.
            E não há nada na vida que Deus nos peça para carregar que nós não possamos levar planando Com as asas da oração.
            E ao olhar para trás Verá que a tempestade passou, você encontrará novas forças E ganhará coragem também.                                            

                         
 Helen Steiner Rice      

Colabora: Jacqueline Ferreira

============================================================================

13 de dez de 2012

Valorize o que você tem

O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:
- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o senhor tão bem conhece. Será que o senhor poderia redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:
"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer, no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão. A casa banhada pelo sol nascente, oferece sombra tranquila das tardes, na varanda".

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio. Nem pensei mais nisto, disse o homem. Quando li o anúncio, é que percebi a maravilha que tinha! Às vezes, não descobrimos as coisas boas que temos e vamos longe, atrás da miragem de falsos tesouros.

Valorize o que você tem, a pessoa que está ao seu lado, os filhos, os amigos que estão perto de você, o emprego que Deus lhe deu, o conhecimento que você adquiriu, a saúde, o sorriso... Estes são os seus verdadeiros tesouros.
Fonte - www.cpt.com.br.

===============================================

12 de dez de 2012

APRENDENDO A VIVER PELA IDADE!


Aprendi que peixinhos dourados não gostam de gelatina (aos 5 anos);

Aprendi que meu pai pode dizer um monte de palavras que eu não posso (8 anos);
Aprendia que minha professora sempre me chama quando eu não sei a resposta (9 anos);
Aprendi que se pode estar apaixonado por 4 garotas ao mesmo tempo (10 anos);
Aprendi que os meus melhores amigos são os que sempre me metem em confusão (11 anos);
Aprendi que se tenho problemas na escola, tenho mais ainda em casa (12 anos);
Aprendi que quando meu quarto fica do jeito que quero minha mãe manda eu arrumá-lo (13 anos);
Aprendi que não se deve descarregar suas frustrações no seu irmão menor, porque seu pai tem frustrações maiores e mão mais pesada (15 anos);
Aprendi que os grandes problemas sempre começam pequenos (20 anos);
Aprendi que nunca devo elogiar a comida da minha mãe quando estou comendo alguma coisa que minha mulher preparou (25 anos);
Aprendi que se pode fazer num instante algo que vai lhe dar dor de cabeça a vida toda (28 anos);
Aprendi que quando minha mulher e eu temos, finalmente, uma noite sem as crianças, passamos a maior parte do tempo falando sobre elas (29 anos);
Aprendi que é mais fácil fazer amigo do que se livrar dele (30 anos);
Aprendi que mulheres gostam de ganhar flores especialmente sem nenhum motivo (33 anos);
Aprendi que toda a vez que estou viajando gostaria de estar em casa e toda vez que estou em casa gostaria de estar viajando (39 anos);
Aprendi que nunca se conhece bem os amigos até que se tire férias com eles (41 anos);
Aprendi que se você está levando uma vida sem fracassos, você não está correndo riscos o suficiente (42 anos);
Aprendi que casar por dinheiro é a maneira mais difícil de conseguí-lo (43 anos);
Aprendi que se pode fazer alguém ganhar o dia simplesmente mandando-lhe um pequeno cartão (44 anos);
Aprendi que crianças e avós são aliados naturais (47 anos);
Aprendi que se você cuidar bem de seus empregados eles cuidarão bem de seus clientes (49 anos);
Aprendi que quando chego atrasado ao trabalho, meu patrão chega cedo (51 anos);
Aprendi que o objeto mais importante do escritório é a lata de lixo (54 anos);
Aprendi que não posso mudar o que passou, mas posso deixar pra lá (64 anos);
Aprendi que a maioria das coisas com que me preocupei nunca acontecem (65 anos);
Aprendi que todas as pessoas que dizem que: dinheiro não é tudo - geralmente tem muito (67 anos);
Aprendi que se você espera para se aposentar para começar a viver esperou tempo demais (68 anos);
Aprendi que nunca você deve ir para cama sem resolver uma briga (71 anos);
Aprendi que quando as coisas vão mal, eu não tenho que ir com elas (72 anos);
Aprendi que envelhecer é importante se você é um queijo (76 anos);
Aprendi que amei menos do que deveria (91 anos);
Aprendi que tenho muito a aprender (92 anos)


(A.D.)

==============================================================================================

7 de dez de 2012

AS APARÊNCIAS ENGANAM


        Num orfanato, igual a tantos outros que enxameiam por toda parte, havia uma pobre órfã, de oito anos de idade. Era uma criança lamentavelmente sem encantos, de maneiras desagradáveis, evitada pelas outras, e francamente malquista pelos professores. Por essa razão, a pobrezinha vivia no maior isolamento. Ninguém para 
brincar, ninguém para conversar... Sem carinho, sem afeto, sem esperança... Sua única companheira era a
solidão. O diretor do orfanato aguardava ansioso uma desculpa legítima para livrar-se dela.
E um dia apresentou-se, aparentemente, uma boa desculpa. A companheira de quarto da menina informou que ela estava mantendo correspondência com alguém de fora do orfanato, o que era terminantemente proibido.
Agora mesmo, disse a informante, ela escondeu um papel numa árvore.
O diretor e seu assistente mal puderam esconder a satisfação que a denúncia lhes causara.
Vamos tirar isso a limpo agora mesmo, disse o superior. E, somando-se ao assistente, pediu para que a testemunha do delito os acompanhasse a fim de lhes mostrar a prova do crime. Dirigiram-se os três, a passos rápidos, em direção à árvore na qual estava colocada a mensagem.
De fato, lá estava um papel delicadamente colocado entre os ramos. O diretor desdobrou, ansioso, o bilhete, esperando encontrar ali a prova de que necessitava para livrar-se daquela criança tão desagradável aos seus olhos.
Todavia, para seu desapontamento e remorso, no pedaço de papel um tanto amassado, pôde ler a seguinte mensagem:  "A qualquer pessoa que encontrar este papel: eu gosto de você." Os três investigadores ficaram tão decepcionados quanto surpresos com o que leram. Decepcionados porque perderam a oportunidade de livrar-se da menina indesejável, e surpresos porque perceberam que ela era menos má do que eles
próprios.
***
Quantos de nós costumamos julgar as pessoas pelas aparências, embora saibamos que estas são enganadoras.
E o pior é que, se as aparências não nos agradam, marcamos a pessoa e nos prevenimos contra ela e suas atitudes. Uma antiga e sábia oração dos índios Siuox, roga a Deus o auxílio para nunca julgar o próximo antes de ter andado sete dias com as suas sandálias. Isto quer dizer que, antes de criticar, julgar e condenar uma pessoa, devemos nos colocar no seu lugar e entender os seus sentimentos mais profundos. Aqueles que talvez ela queira esconder de si mesma, para proteger-se dos sofrimentos que a sua lembrança lhe causaria.
Você sabia? Que não há nenhuma pessoa essencialmente má? Isso porque todos nós temos, na intimidade, a centelha divina que é o amor em gérmen. Assim sendo, potencialmente todos somos bons, basta que nos esforcemos para fazer brilhar essa chama sagrada depositada em nós pelo Criador. Jesus conhecia essa realidade, por isso afirmou:  "vós sois deuses" e noutra oportunidade insistiu: brilhe a vossa luz". 


(História extraída da revista Seleções do Rider's Digest, de maio/1945)

============================================================

5 de dez de 2012

ACEITAÇÃO


             "Devemos tentar nos aceitar, de modo individual ou coletivo, não só como perfeitamente bons ou perfeitamente maus, mas sim como uma misteriosa e indescritível mistura de bem e de mal. Temos que nos sustentar com o pouco de bem que abrigarmos.

Em nós, sem exageros. Temos que defender nossos legítimos direitos, porque, se não respeitarmos nossos direitos, com toda certeza também não respeitaremos os direitos dos outros.

            Mas, ao mesmo tempo, temos de reconhecer que, deliberadamente ou não, violamos direitos de outros. Temos que ser capazes de admitir isso tanto como resultado de um auto-exame, mas também quando inesperadamente alertado por outros,

talvez de forma não muito suave."

 

 

 

            Do livro A Thomas Merton Reader editado por Thomas P. McDonnell.(Image Books, A Division of Doubleday @ Company,Inc. Garden City, NY), 1974. p. 315


===============================================
 

 

3 de dez de 2012

Reflita



O dia de amanhã ninguém usou.
Pode ser seu !
Sofre pôr antecipação
quem vive pensando bobagens 
que não se realizam.

Portanto, olhe para o seu futuro com a ternura de uma criança
Espere dele sempre as melhores coisas,
As melhores oportunidades...
Os melhores caminhos devem ser seguidos com fé e persistência...
Pois os obstáculos que aparecerão...
Deverão ser enfrentados e vencidos

Confie em si mesmo... 
Mas não se esqueça jamais,
de confiar em Deus 
E busque a realização dos seus sonhos
sempre Sorrindo !!! 

E...Que o Amor Único de Deus,
inspire sempre
Todas as Almas para o Bem...
Fonte: Antonio de Aquino