31 de jul de 2011

Escolhas

Você já parou para pensar que a todo o momento, em nossas vidas, estamos fazendo escolhas. Desde as mais simples, como o que vestir pela manhã, até escolhas que podem definir o futuro da nossa vida.


Tamanha é a dose de arbitrariedade, que podemos escolher olhar para as coisas boas que a vida nos oferece ou somente para os problemas que temos pela frente. Podemos escolher se faremos as nossas coisas com grande comprometimento ou apenas por fazer.


A opção em ter objetivos que nos levem a uma posição diferente, a uma posição melhor, ou seja, a um lugar ao sol, também é uma questão de escolha. Podemos também simplesmente escolher em não ter objetivos e deixar a vida nos levar, mas não podemos reclamar, se ela nos levar para um lugar não desejado. Escolhemos também se continuaremos a lutar pelos nossos objetivos ou simplesmente desistir.


Nos relacionamentos também escolhemos. Escolhemos como trataremos as pessoas e como deixaremos que elas nos tratem, como faremos as críticas e como aceitaremos as críticas. Fica muito claro que as escolhas fazem parte de nosso dia a dia.


A vida é tão cheia de escolhas que podemos decidir em reclamar da vida ou lutar para deixá-la cada vez melhor. As escolhas são tantas que podemos escolher olhar para os problemas que temos como valiosos objetos de aprendizado, crescimento e superação, pessoal, profissional e até mesmo espiritual.


Ainda temos a fantástica opção da escolha: fazer coisas que nos tragam coisas boas ou ações que nos tragam coisas negativas.


Veja que a nossa vida é o resultado de nossas escolhas.


Agora pense e escolha o que você quer para você, mas escolha de verdade. E se aqui posso dar um conselho: escolha principalmente ser feliz.


Adriano Fabri 

30 de jul de 2011

Deus é Caridade



Não guardes e nem fales, coração,
Palavra de azedume ou desesperação.
O verbo que escarnece, esfogueia, envenena,
Traz em si mesmo a dolorosa pena
De amarga frustração!

Muitas vezes nós mesmos, trilha afora
No pensamento que se desarvora,
Nas teias da ilusão sem motivo ou sem base,
Para sair do mal e regressar ao bem
Precisamos apenas de uma frase
Do carinho de alguém!

Na dor que nos renova,
Quantas vezes na vida a gente espera
Simplesmente um sorriso,
Para fazer o esforço que é preciso,
A fim de não perder nas lágrimas da prova
A paz da fé sincera!...

Pensa nisso e abençoa
Àquela própria mão que te espanca ou aguilhoa.
Fel, tristeza, amargura,
Transformam desventura em maior desventura!
Se a mágoa te domina,
Observa a lição da Bondade Divina!

Se o homem tala o campo aos horrores da guerra,
Deus recama de verde as úlceras da Terra.
Cerre-se a noite fria,
Deus recompõe sem falta os fulgores do dia.
Atire-se um calhau à fonte da espessura,
Deus protege a corrente
E a fonte lava a pedra a beijos de água pura
E prossegue indulgente,
Doce, clara, bendita,
Fertilizando o campo em que transita.

Isole-se a semente pequenina
Na clausura do chão
E eis que Deus a ilumina
E ela faz a alegria e a fartura do pão!
Que a poda fira a planta a golpes destruidores
E Deus reveste o tronco em auréolas de flores!...

Conquanto seja em tudo a Justiça perfeita
Que nos premia, ampara, aprimora e endireita
Pelo poder do amor incontroverso,
Deus quer que a Lei do amor seja cumprida
Para a glória da vida,
Nas mais remotas plagas do Universo!

Serve, pois, coração,
À tolerância, à paz, à bondade e à união!
Embora desprezado, anônimo, sozinho,
Agradece, em silêncio, a injúria, o pranto, o espinho
E serve alegremente...

Dor é nova ascensão à Vida Superior!...
Rende-te a Deus e segue para a frente,
Pois Deus é Caridade e a Caridade ardente
Tudo cobre de amor!...


Maria Dolores (Lembrança aos companheiros da Doutrina Espírita)


=====================

29 de jul de 2011

Poças de Lama...Pelos Olhos de Uma Criança


Quando olho dentes-de-leão, eu vejo ervas daninhas invadindo meu quintal.
Meus filhos vêem flores para a mãe e sopram a penugem branca pensando em um desejo.


Quando olho um velho mendigo que me sorri, eu vejo uma pessoa suja que provavelmente quer dinheiro e eu me afasto.
Meus filhos vêem alguém sorrir para eles e sorriem de volta.


Quando ouço uma música, eu gosto. Mas não sei cantar e não tenho ritmo; então me sento e escuto.
Meus filhos sentem a batida e dançam.Cantam e se não sabem a letra, criam a sua própria.


Quando sinto um forte vento em meu rosto, me esforço contra ele. Sinto-o atrapalhando meu cabelo e empurrando-me para trás enquanto ando.
Meus filhos fecham seus olhos, abrem seus braços e voam com ele, até que caiam a rir pela terra.


Quando rezo, eu digo Tu e Vós e conceda-me isto, dê-me aquilo.

Meus filhos dizem, Olá Deus!
Agradeço por meus brinquedos e meus amigos.
Por favor, mantenha longe os maus sonhos hoje à noite.
Eu ainda não quero ir para o céu.
Eu sentiria falta de minha mãe e de meu pai.


Quando olho uma poça de lama eu dou a volta. Eu vejo sapatos enlameados e tapetes sujos.
Meus filhos sentam-se nela.
Vêem represas para construir, rios para cruzar e bichinhos para brincar.


Eu só queria saber se os filhos nos foram dados para nos ensinarmos ou para aprendermos...


Eu recomendo que você aprecie as pequenas coisas da vida, porque um dia poderá olhar para trás e descobrir que eram grandes coisas grandes.

E, pra finalizar, desejo à você grandes poças de lama...e dentes-de-leão!!!

================================================

28 de jul de 2011

Você pode...creia nisso

Um menino, parcialmente surdo, retornou um dia da escola trazendo uma nota dos diretores. A mensagem sugeria aos pais que o retirassem da escola porque ele era "muito estúpido para aprender alguma coisa." A mãe, ao ler a nota, disse:

"Meu filho Tom não é estúpido e incapaz de aprender. Eu mesma o ensinarei." E foi isso que fez. Quando Tom morreu, muitos anos mais tarde, todas as pessoas dos Estados Unidos lhe reverenciaram, desligando as luzes do país por um minuto. Este Tom inventou a lâmpada elétrica e não apenas isto, mas também o filme cinematográfico e o toca-discos. Ao todo ele teve a seu crédito, mais de mil patentes. Assim como Thomas Edison, toda pessoa, criança ou adulta, é capaz de saber mais do que sabe hoje. Todos poderão encontrar um caminho para expressar sua criatividade.

Mostramo-nos, muitas vezes, abatidos e infelizes quando nos tratam de maneira depreciativa. Uma palavra de menosprezo, um comentário negativo, um olhar de indiferença e logo nos sentimos a menor das criaturas. Passamos a acreditar que somos incapazes, que nada do que fazemos dá certo, que nascemos para ser derrotados.

Não, isso não é verdade! Podemos, sim, conquistar nossos ideais e realizar os nossos sonhos. Basta tão somente crer que com dedicação e trabalho chegaremos lá. Temos um companheiro de jornada -- o nosso Deus. Ele estará sempre ao nosso lado, incentivando, ajudando, repetindo a cada obstáculo encontrado: "Tudo é possível ao que crê."

Se você já fez uma tentativa e não conseguiu, tente novamente. Se já tropeçou em uma pedra de desânimo, levante e siga em frente, a vitória é e sempre será sua.

Sua perseverança poderá mudar não apenas a sua vida, mas todo o mundo ao seu redor.


Paulo Roberto Barbosa

=========================

27 de jul de 2011

Você é responsável pela maneira como o mundo o trata
Se você não gosta do que está obtendo, mude o que está fazendo – depende de você ensinar as pessoas a respeito de como quer ser tratado. Culpamos o outro com muita freqüência. Se uma sociedade não está dando certo ou se um relacionamento está indo mal, você também é responsável por isso. Se alguém descarrega tudo em cima de você, metade da culpa é sua.

As pessoas que vivem sendo maltratadas irradiam uma atitude que diz: “aposto que você vai me maltratar, e eu vou deixar que o faça, mas depois vou culpá-lo por isso!” Em qualquer relacionamento, é preciso dois para “dançar um tango”. Ambas as partes são responsáveis, e ambos recebem certos pagamentos por seu papel em particular. São necessários dois para fazer um relacionamento dar certo e são necessários dois para rompê-lo.

De alguma maneira, no entanto, é muito mais fácil ser objetivo quanto aos problemas de outros casais do que quanto aos seus. Outro exemplo: não é difícil encontrar famílias em que as crianças mandam na casa. Elas ordenam aos pais coisas do tipo: “papai, pegue minhas meias”, “mamãe, me traga um pedaço de bolo”, “passe minha camiseta”, “me leve ao jogo de futebol AGORA”.

Aí, os pais se perguntam o que é que fizeram para merecer isso. A resposta é simples: viveram correndo atrás dos filhos durante 15 anos ou mais; ensinaram a eles a maneira como queriam ser tratados - como escravos! Portanto, desde cedo, ensine às crianças que você não é empregado delas e transmita a elas um senso de contribuição. Afinal, se uma criança de 8 anos consegue operar um computador, ela também pode operar uma máquina de lavar.

Outro ponto: os pais devem ensinar às crianças a dizer “obrigado”. É comum ouvir mães se lamentando porque os filhos nunca a agradecem por nada – nem mesmo depois de adultos e casados. Se, anos antes, essas mães tivessem dito aos “pimpolhos” coisas do tipo – “em nossa família, a palavra OBRIGADO é um sinal de apreciação e de respeito; se vocês esquecerem de me agradecer um dia, terão de preparar o jantar do dia seguinte”, ou qualquer coisa do tipo, as crianças aprenderiam rapidinho a ter boas maneiras e a respeitar os outros para ser respeitadas. Portanto, se você quiser que as pessoas mudem a maneira como o tratam, mude você primeiro.

Andrew Matthews, no livro "Faça Amigos"



============================================

24 de jul de 2011

Vale a pena ser sincero.

A sinceridade torna as coisas tão simples!

Não que a humanidade passará a amá-lo mais se você não disser mentiras, mas, a sinceridade usada com o devido cuidado costuma ser a solução mais fácil.

Digamos que seu chefe tenha lhe pedido para enviar algumas cartas importantes. Mas, em vez de colocá-las no correio, você as jogou acidentalmente no lixo.

Você pode optar por criar histórias e desculpas mirabolantes, mas aí, a vida fica difícil.

Então, que tal dizer ao chefe que você fez uma tremenda besteira, se desculpar e se dispor a consertar o erro?

Isso facilita a vida, pode ter certeza.

Quando você é sincero com as pessoas, elas o admiram e o estimam, confiam em você, sabem qual é a sua abordagem e você pode obter mais daquilo que deseja...

Se você quiser algo, diga! Se quiser sair com alguém, fale diretamente à pessoa – sem rodeios e sem intermediários...

Siga o exemplo das crianças; elas conseguem o que querem porque simplesmente pedem...

Da mesma maneira, seja sincero quando não souber alguma coisa. É muito irritante ouvir professores, colegas, pais e outros "experts" fingindo que têm resposta para tudo. As pessoas sempre respeitam mais quem é capaz de dizer "eu não sei"...

Em poucas palavras: seja diplomático, mas fale abertamente.

A sinceridade é um sinal de respeito pelas pessoas e um sinal de auto-respeito. E torna tudo tão mais simples!

Andrew Matthews

===================

Melhor Coisa

Quando uma pessoa pensa nas melhores coisas da vida, geralmente pensa mesmo em coisas. Carros, casas, computadores, roupas, jóias, jantares, dinheiro... etc. Mas há uma técnica infalível para que você descubra quais são as melhores coisas da vida para você: Imagine que você acordará amanhã e será a única pessoa viva em todo o mundo. Ninguém mais estará aqui. Enquanto você viver, terão todos morrido.

Além disso, ao acordar, você encontrará um bilhete endereçado a você dizendo: Como presente de "nova vida", você pode escolher qualquer dessas coisas, para passar o resto de sua existência:

1. As pessoas mais importantes da sua vida, de hoje ou do passado, vivas ao seu lado,
2. Todo o dinheiro, riquezas e produtos que você desejar ou
3. Vida eterna.

Você só pode escolher UMA dessas coisas. As outras duas não existirão neste novo mundo.

Não vou responder para você, apenas sugerir que você pense sobre com qual dessas três coisas você poderia passar os próximos 100 anos (ou a eternidade), mesmo sem ter as outras duas. Mas pense agora. Eu espero.

(...)

Pensou? Então, se o "tico e o teco" da nossa cabeça tiverem chegado à única conclusão lógica, me diga uma coisa: por que as pessoas insistem em achar que as melhores coisas da vida são coisas?

Um carro novo? telefone celular novo? software novo? casa nova? óculos novo? roupas novas? jóias novas? Será mesmo? Será que vivemos para trabalhar mais, consumir mais e achar que a moda seja um princípio que jamais possamos quebrar? Claro que todas essas coisas têm um lado bom e não seria lógico abandonar tudo e sair pelo mundo vestindo uma túnica e um par de sandálias. Roupas e equipamentos novos são bem vindos. Mas será que a sua vida não está presa em uma espiral de gastos impensados? Será mesmo que o que você gasta em restaurantes, barzinhos, lan-houses, festas, viagens, equipamentos e coisas absolutamente dispensáveis não poderia ser investido na sua própria vida? Naquelas pessoas mais importantes?

A chave é o e-q-u-i-l-i-b-r-i-o.

Joann Davis afirma que "As melhores coisas da vida não são coisas". Cerque-se de pessoas que também pensem assim, ou você acabará tendo que gastar o que tem e o que não tem para fazer tais pessoas felizes. E jamais conseguirá isso por muito tempo, de qualquer forma. Pessoas que querem coisas, sempre querem coisas maiores, melhores, mais caras, mais novas. São pessoas para quem os melhores programas de TV são os intervalos comerciais. Isso pode ser ótimo para a economia de um país, para os governos e corporações empresariais. Mas não é ótimo para você. É péssimo, porque o seu problema não é incentivar a economia nacional. O seu problema, ou tarefa, é viver e ser feliz.

Abraços e sorrisos das pessoas certas, e até a simples presença silenciosa delas, vale mais do que o último "grito" da moda, uma conta enorme no banco ou o carro do ano. Ter um ombro sobre o qual se apoiar, um amigo que continuaria seu amigo mesmo que você perdesse tudo e pessoas que querem você feliz valem mais do que a última promoção "imperdível". Guarde seu dinheiro. As melhores coisas da vida não são coisas.

Aldo NovaK

========================

23 de jul de 2011

Quanto vale um "sim"
Você consegue um bom emprego na hora que bem entende? Você descola um amor do dia para a noite? Entra num banco e sai de lá com um empréstimo sem burocracia? Se você respondeu sim a todas estas perguntas, parabéns, e fique atento para o horário de partida do seu disco voador, pois a qualquer momento você terá que voltar para o seu planeta!

Entre nós, terrestres, o sim é uma resposta rara. Na maioria das vezes, não há vagas, não querem editar nossos poemas, não temos fiador, a garota não quer ouvir os discos em sua casa, o garoto não quer usar camisinha e o guarda de trânsito não foi com a sua cara e vai multá-lo sim senhor. Não está fácil pra ninguém.

Ao contrário do que possa parecer, esta não é uma visão pessimista da vida. As coisas são assim, dão certo e dão errado. Pessimismo é acreditar que um "não" seja uma barreira para realizar nossos planos. Tem gente que fica paralisado diante de um não, nunca mais vai à luta. Já o otimista resmunga um pouco e, em seguida, respira fundo e segue em frente.

Quando eu tinha uns dezessete anos, mandei meus versos para um concurso de poesia. Não ganhei nem menção honrosa. Daí, entreguei meus versos para o Mário Quintana avaliar. Ele não respondeu. Neste meio tempo, eu estava apaixonada por um cara e ignorava minha existência. Quando eu não estava pensando nele, fazia planos de morar sozinha, mas o meu estágio não era remunerado.

Aí quis viajar para a Europa, mas não conseguira entrar num programa de intercâmbio. Surpreendentemente, não passou pela cabeça a idéia de me atirar embaixo de um caminhão.

Hoje tenho nove livros publicados, cinco deles de poesia, sou casada com o homem que amo, tenho a profissão dos sonhos e viajo uma vez por ano, e tudo isso sem ganhar na megasena, sem cirurgia plástica, sem pistolão ou pacto com o demônio. O segredo: cada "não" que eu recebi na vida entrou por um ouvido e saiu pelo outro. Não os colecionei, não foram sobrevalorizados; esperei sem pressa a hora do "sim".

O "não" é tão freqüente que chega a ser banal. O "não" é inútil, serve só pra fragilisar nossa auto-estima. Já o "sim" é transformador. O "sim" muda sua vida. "Sim", aceito casar com você; "sim", você foi selecionado; "sim", vamos patrocinar sua peça; "sim", Ana Paula Arósio deu o número do celular dela.

Quando não há o que detenha você, as coisas começam a acontecer sim.


Martha Medeiros

22 de jul de 2011

Precisa-se de Loucos
De loucos uns pelos outros!

Que em seus surtos de loucura espalhem alegria; com habilidades
suficientes para agir como treinadores de um mundo melhor, que olhem a ética, respeito às pessoas e responsabilidade social não apenas como princípios organizacionais, mas como verdadeiros compromissos com o Universo.

Precisa-se de loucos de paixão, não só pelo trabalho, mas principalmente por gente, que vejam em cada ser humano o reflexo de si mesmo, trabalhando para que velhas competências dêem lugar ao brilho no olhar e a comportamentos humanizados.

Precisa-se de loucos por novas tendências, mas que caminhem na contramão da história, ouvindo menos o que os gurus têm a dizer sobre mobilidade de capitais, tecnologia ou eficiência gerencial e ouvindo mais seus próprios corações.

Precisa-se de loucos poliglotas que não falem inglês, espanhol, francês ou italiano, mas que falem a língua universal do amor, do amor que transforma, modifica e melhora, pois, palavras não transformam empresas e sim atitudes.

Precisa-se simplesmente de loucos de amor; de amor que transcende toda a hierarquia, que quebra paradigmas; amor que cada ser humano deve despertar e desenvolver dentro de si e pôr a serviço da vida própria e alheia; amor cheio de energia, amor do diálogo e da compreensão, amor partilhado e transcendental.

As Organizações precisam urgentemente de loucos, capazes de implantar novos modelos de gestão, essencialmente focados no SER, sem receios de serem chamados de insanos, que saibam que a felicidade consiste em realizar as grandes verdades e não somente em ouvi-las.

(Madalena Carvalho)

Jesus é nosso pastor...

Jesus é nosso pastor que nos conduz rumo a
luz através de seus ensinamentos.
Ensinamentos estes que consolam os aflitos
e abrandam os corações endurecidos.
Ensinamentos que trazem o equilíbrio interior,
que amenizam as dores.
Basta isso que cada irmão possa praticar os seus
ensinamentos com amor e caridade.
A caridade e a benevolência são os caminhos que
nos conduzirão a luz do Mestre.
A oportunidade é agora, não a deixemos passar.
O Mestre espera de cada um de nós uma atitude
de compreensão e entendimento
de seus exemplos e aplicações, já que cada um de nós
é responsável pela sua transformação.
É necessário somente boa vontade e determinação.

Paz a todos.


Grupo de Estudos de Psicografia da
Fraternidade Francisco de Assis

21 de jul de 2011

Por que não agir..

Um dia você vai lembrar de hoje e se perguntar por que teve tanto medo de agir.
Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que deixou que tantos pequenos contratempos lhe atingissem.
Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que não foi um pouco mais disciplinado e focado.
Se pudesse olhar para trás daqui a dez anos, o que você lamentaria não ter feito?
Se pudesse olhar para trás, o que consideraria importante do dia de hoje? Que oportunidades, e que passam desapercebidas hoje, seriam evidentes no futuro?
Uma vida de real valor e significado é algo que se constrói com o tempo, não um prêmio que se ganha com por sorte ou habilidade.
O dia de hoje é uma oportunidade de construir a vida que você quer, uma oportunidade que não voltará.
O futuro é imprevisível, mas uma coisa é certa: você jamais se arrependerá de dar o melhor de si a cada momento.

Recebemos de Portaldiabetesnet.com.br

==========================

19 de jul de 2011

O Obstaculo

Certo dia, um rei ordenara que se colocasse uma pedra enorme no meio de uma das estradas de seu reino. Então, o rei se escondera próximo ao local para ficar observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho.

Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei, dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou sequer mover a pedra dali.

De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele põe de lado a sua carga e tenta remover a rocha dali. Após muito esforço e suor, ele finalmente consegue mover a pedra para fora da estrada.

Então, o camponês volta a pegar sua carga de vegetais, quando nota que havia uma bolsa no local onde, pouco antes, estava a pedra.

A bolsa continha muitas moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei, que dizia que o ouro era para a pessoa que tivesse removido a pedra do caminho.

O camponês aprendeu o que muitos de nós nunca entendemos: todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição. 

18 de jul de 2011

GENTE DO BEM

“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” (Romanos, 12:21)

Em meio ao trânsito desordenado, um motorista gentilmente cede-me passagem. Visito um ex-professor na faculdade que prazerosamente percorre toda a instituição mostrando-me a evolução da infra-estrutura local e as melhorias implementadas na qualidade do ensino. Apresento um cliente a um gerente de banco que imediatamente toma providências no sentido de atender às suas necessidades. Recebo um breve telefonema de um amigo com quem não falava há tempos apenas para saudar lembranças.

Cenas aparentemente fúteis, talvez até desprovidas de motivação para serem memorizadas. Porém, cenas capazes de colorir com satisfação e gratidão um dia como outro qualquer. Dizem que Deus está nos detalhes. Nós é que não percebemos...

Como tudo na vida, estamos sujeitos a situações opostas às que acabo de relatar. De um motorista que quase provoca um acidente para evitar ser ultrapassado a profissionais de atendimento ao público que prestam um verdadeiro desserviço pela falta de atenção e empatia, quem já não perdeu o bom humor pela ausência de um cumprimento matinal de um familiar, por um comentário depreciativo ou jocoso de um colega de trabalho, por uma reprimenda pública e desmesurada?

Quando pequenos, somos ensinados a fazer o bem. Isso pode ser traduzido por praticar uma “boa ação” diária, coisas novamente pouco relevantes como ajudar um idoso a atravessar a rua – essa é uma imagem emblemática para mim. Fazer o bem em escala maior é missão para super-heróis dotados de superpoderes, aptos a salvar toda a humanidade, promovendo a justiça e combatendo o mal.

Nossas pernas crescem e nossa imaginação encurta. Então, descobrimos que não há super-heróis, não há superpoderes, a humanidade não pode ser salva, a justiça é utópica e o mal viceja. Por isso, desistimos de ajudar os idosos a atravessarem a rua e deixamos de pronunciar palavras de agradecimento, apoio e conforto aos que nos cercam. Assim, paramos de praticar o bem. E perdemos a capacidade de enxergá-lo.

A vida, tomada racionalmente, não é fácil para a maioria das pessoas. Quando se tem saúde, não se tem trabalho. Quando se tem trabalho, não se ganha o suficiente. Quando se ganha o suficiente, não se tem reconhecimento. Quando se tem reconhecimento, não se tem paixão. Quando se tem paixão, não se encontra o amor. Quando se encontra o amor, falta a saúde...

Cada um de nós tem uma missão a cumprir. E cada missão vem embalada em um fardo que não é nem grande, nem pequeno, mas na medida exata do que podemos suportar. Uns têm fardos maiores que outros. Alguns enfrentam adversidades mais contundentes. Mas todos têm limitações.

Se os super-heróis do bem nos parecem tão figurativos, as personagens do mal materializam-se, ganhando carne e osso e uma habilidade ímpar em nos assediar. É neste momento que temos que buscar o que temos de melhor, não com base na sorte ou em fatores externos, mas em nossa força interior. E direcionar este potencial para o caminho do bem.

Shakespeare dizia que “o mal que os homens fazem vive depois deles enquanto o bem é quase sempre enterrado com seus ossos”. Costumo pontuar que é muito importante tomar cuidado com as palavras. Quando você diz algo que desagrada a alguém, pouca valia haverá em se desculpar a posteriori. Porque não importa o que você disse, mas importa o que ficou depois do que você disse.

Fazer o bem faz bem. O bem despretensioso, genuíno, sem paga. É caminhada que não desgasta os sapatos, subida que não cansa. É fonte de prazer e de alegria.


(texto de Tom Coelho)

=============================

16 de jul de 2011

CELEBRAÇÃO

O sucesso é construído sobre conquistas materiais, mas a felicidade é construída sobre percepções. Muitas pessoas não percebem que os maiores tesouros já foram conquistados. Fixam o olhar no que falta atingir e não desfrutam o que está ao lado delas. Os donos do futuro criam o amanhã e desfrutam o presente. A maneira de perceber o que se tem e o que se é define a sensação de plenitude na vida.

Uma pessoa que ganha um milhão de dólares por ano pode se achar pobre porque, ao se comparar com bilionários, considera que ainda ganha pouco. Por outro lado, alguém que recebe mil dólares por mês pode se sentir milionário porque consegue curtir cada centavo aproveitando a vida.

A maioria das pessoas, entretanto, luta por metas que não levam à felicidade... Trabalham demais para juntar dinheiro e não conseguem reservar o fim de semana para cuidar de si. Cuidam melhor da conta bancária que da alma. Quantas pessoas perdem a vida correndo atrás de miragens, vivendo a ilusão de que a próxima conquista é que vai levá-la à felicidade? Com isso, acabam criando mais infelicidade para si mesmas e para as pessoas que amam. Quando não estamos felizes, começamos a lutar por conquistas que acreditamos que possam nos saciar.

Entramos em uma viagem voraz... Ninguém precisa de três carros para ser feliz. Criamos objetos de desejo a todo momento. Competimos no limite para ter uma posição melhor na empresa. A maior parte das pessoas passa a vida procurando sentir-se importante para ter a sensação do sucesso. Mas sucesso sem qualidade de vida não é sucesso, é ilusão.

O sucesso só tem sentido quando é conseqüência do crescimento interior. Portanto, procure o significado dos seus sonhos, das suas lutas. Reflita sobre o caminho que você está percorrendo. Não deixe que o sucesso destrua a sua felicidade. Sucesso é conseguir o que você quer. Felicidade é conquistar o que você precisa.


Roberto Shinyashiki, no livro "Os Donos do Futuro"

Mais ou Menos...

A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.

A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.

A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos.

Tudo bem, o que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum, é amar mais ou menos, é sonhar mais ou menos, é ser amigo mais ou menos, é namorar mais ou menos, é ter fé mais ou menos, é acreditar mais ou menos. Senão, a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos, e isso é a pior coisa que pode acontecer a alguém.

Sejamos felizes por inteiro!!!

( D.A )

===================

14 de jul de 2011

Evite a conversa macarronica.

Conversa macarrônica é um termo usado para definir um diálogo que ficou confuso porque os parceiros expressaram os pensamentos do outro, e não os próprios. É quando cada um fala o que acha que o outro pensa, ou o que acha que o parceiro acha que você pensa... Aí, o diálogo vira uma confusão irremediável!

Para evitar isso, use comentários começados com “eu”, expressando apenas seus próprios pensamentos e sentimentos e fazendo perguntas quando quiser saber alguma coisa a respeito de seu parceiro. Colocar em palavras o que você acha que seu parceiro pensa não é apenas contraproducente, mas também contagioso, porque as pessoas têm tendência a imitar o estilo de conversar das outras.

Se um dos parceiros fala de um modo invasor, o outro provavelmente fará o mesmo. E, sem perceber, os dois acabam envolvidos numa conversa macarrônica e não conseguem descobrir o que deu errado. Como estavam realmente tentando manter um diálogo construtivo, ficam confusos e irritados um com o outro.

Para evitar esse tipo de situação e as conseqüentes confusões e brigas, não “ache” nada a respeito do que o outro sente ou pensa. Diga o que você sente e pensa e pergunte diretamente o que acontece ao outro.

Susan Heitler, no livro "A arte do relacionamento"

==================================

12 de jul de 2011

Pensamentos Criticos

Nós, seres humanos, não aceitamos bem as críticas sobre nossos atos e atitudes. Só que existe dentro da gente uma energia muito interessante, que vibra no sentido da busca do equilíbrio interior. Esta energia chama-se pensamento crítico. O pensamento crítico funciona como uma balança consciente das nossas razões, dando um formato ideal para que possamos viver de bem com a vida e em harmonia constante. Saber respeitar o pensamento crítico, analisando suas potencialidades, seus prós e contras, é a certeza de estarmos definindo com clareza o melhor caminho a ser seguido.

Quando o pensamento crítico transformar-se na sua voz interior, preste bem atenção! Sempre valerá a pena escutar alguém com bastante experiência.

Lembre-se: saber ouvir é uma das mais importantes lições a serem aprendidas nesta viagem pelo planeta Terra.

A.D

===============================

11 de jul de 2011

Foco

Pegue alguma coisa comum, adicione um pouco de foco, dedicação e esforço, e você terá um grande resultado. A grandeza surge do comum e do ordinário. O material inicial do sucesso não é algo especial.

Uma mansão magnífica é construída usando madeira, tijolos comuns e alguns pregos. Uma obra literária, por mais genial que seja, parte de um material comum a todos: a vida. Uma sinfonia maravilhosa é criada tocando-se instrumentos comuns. A grandeza não depende do material que temos disponível para trabalhar, mas sim daquilo que fazemos com ele.

O sucesso é conquistado não pelo que temos, mas sim como resultado das nossas ações. Embora a grandeza seja, por definição, bastante rara, ela está ao alcance de qualquer um. Porque os maiores sucessos começam de maneira comum, ordinária.

Seja você quem for, onde estiver, com o material que tiver à sua disposição, o sucesso e a grandeza estarão sempre esperando que você os faça acontecer. Não deixe que seu dia-a-dia seja comum, transforme-o em algo grandioso!

Recebemos este do Portaldiabetenet

=================================

10 de jul de 2011

Mudanças

Quantas vezes em sua vida você já escutou a frase “Nunca é tarde para se começar”? Esta é uma verdade que tentamos ocultar no dia-a-dia de nosso viver, pois, se você não sabe, todos os dias estamos recomeçando a vida.

É fácil entender. Vamos falar de uma boa noite de sono como exemplo. Após despertar pela manhã, você passa a cumprir várias tarefas que no dia anterior não haviam sido realizadas. Ao abrir os olhos, o dia de ontem se parecia com o de hoje? A roupa que você usou ontem é a mesma de hoje? O almoço de hoje vai ser igual ao de ontem? A resposta para estas perguntas certamente é "não".

Lembre-se: tudo nesta vida é feito de mudanças, sempre começando do nada e do zero, cabendo a você a tarefa de dar um significado muito especial para está linda experiência vivida aqui. Todos os dias estamos recomeçando e contando uma nova história, acreditando sempre no ser humano e nos seus lindos sonhos de felicidade. Vá em frente!

((D.A))

=========================

8 de jul de 2011

Importe-se

Pense na última vez que você conversou com alguém e que teve a impressão de que a pessoa não estava nem um pouco interessada em conversar com você. Sentiu-se irritado com isso? Então lembre-se de que as outras pessoas também percebem quando não estamos interessados no que elas estão dizendo.

Para atrair as pessoas, temos de nos importar com elas. Quando estamos realmente interessados em alguém, raramente temos problema em manter a conversa fluindo e nos esquecemos de nós mesmos... Importar-se significa se pôr no lugar da outra pessoa... Agora, se você não quiser fazer esse esforço, é melhor ir embora... Se você foi conversar com essa pessoa, porque não oferecer toda sua atenção a ela?

Por falar em atenção, vamos abordar um pouco a escuta, 98% das pessoas estão desesperadas para que alguém as ouça... Assim como precisamos de água e de comida, também precisamos de amigos que realmente nos ouçam.

Você não gosta quando alguém lhe dá toda atenção? Não é uma experiência especial quando outra pessoa se põe no seu lugar para tentar ver os problemas da vida através de seus olhos?... Pense nisso, e retribua. As pessoas lá fora estão ansiosas por alguém que as escute completamente. Se você quiser afetar as pessoas positivamente, tente escutá-las com 100% de atenção. Você vai se tornar especial para elas. Mas tente escutá-las sem julgar. Converse com qualquer pessoa que esteja em um relacionamento falido e ouvirá comentários do tipo: “nós já não conversamos mais”; “não há comunicação em nosso casamento”; “meu pai não me ouve”... Nesses casos, temos não apenas de ouvir, mas ouvir sem julgar... Muitas vezes, não há necessidade de o ouvinte expressar uma opinião. Apenas ser capaz de compartilhar sentimentos, ser solidário com um ser humano; só isso já é suficiente.


(texto de Andrew Matthews, do livro “Faça Amigos”) 

7 de jul de 2011

Continuidade

Existe um fator chamado continuidade que, por falta de auto-educação e costumes, esquecemos completamente. Sem ela toda a nossa história pode se tornar duvidosa. Todas as nossas obras podem virar cinzas. A falta de continuidade em nossos projetos de vida tem causado desastres na credibilidade dos homens que se diziam grandes e famosos.

Continuidade é ter começo meio e fim, com disciplina e alegria. Não basta organizar, planejar, mandar fazer ou executar, se não houver continuidade no processo, esqueça, tudo vai por água abaixo. Todos nós costumamos subestimar o pequeno, o mínimo, o centavo, os detalhes... A continuidade é o cimento de toda a nossa construção. Ela traz respeito profissional e segurança pessoal.

Tudo na natureza tem uma seqüência harmoniosa: começo, meio e fim. É o que chamamos de “cadeia circular”. Todos os nossos projetos de vida, para serem críveis e duradouros, exigem continuidade. Repito, ela é decisiva para o seu sucesso. Quando recuamos dos nossos objetivos, sem motivo justo e verdadeiro, nossa força interna fica prejudicada e o fracasso vem bater em nossa porta.

A continuidade traz alicerces em nossas vidas, constrói a tenacidade, nos edifica com solidez de caráter, reforça nossas fibras interiores, estimula a força de vontade e expande a força interna. A continuidade exige disciplina nas ações, persistência no tempo e ordem no espaço. Lembre-se: continuidade é simplesmente ter começo, meio e fim, administrando adversidades...

Paulo Zabeu no livro "Cinco Regras Para Vencer Seus Limites"



=======================

3 de jul de 2011

RADAR

Deus, na sua maior criação, colocou a disposição do homem vários instrumentos: dois olhos, uma boca e dois ouvidos bem abertos.

Os ouvidos, numa simples comparação, deveriam funcionar como um bom radar. Por isso é que eles foram colocados ao lado da mente, para serem grandes auxiliares na percepção para a vida.

Saber usar este instrumento poderoso é abrir os canais do conhecimento humano, dando à nossa mente a oportunidade de absorver o maior número possível de informações que, se bem trabalhadas, aumentam as nossas perspectivas de conquistarmos bons resultados, tanto na nossa vida profissional como na vida sentimental.

Aprenda a ouvir bem, e a vida lhe dará um show à parte.

A.D

========================================

2 de jul de 2011

Quando começamos a nos perder

Quando achamos que somos mais importantes do que os outros,
Quando achamos que, ao fazer somente a nossa parte, o mundo vai melhorar,
Quando colocamos os valores materiais sempre à frente dos demais,
Quando achamos que o mais importante é vencer na vida,
Quando, para isso, colocamos de lado nossa família e amigos,
Quando o dinheiro se tornou nossa única meta,
Quando achamos que poder é ter dinheiro,
Quando pensamos que tudo que acontece em nossa vida é azar,
Quando pensamos sempre negativamente,
Quando achamos que estamos sozinhos,
Quando não somos capazes de pedir ajuda,

É porque temos que dar um pouco mais de nós!

A.D

==========================