31 de jan de 2011

Mudança

Diz o ditado mineiro que “quando a gente está no caminho errado, não adianta ficar pegando atalhos”.
Exatamente. Quando seguimos por outros caminhos que não combinam com a nossa situação de vida, inevitavelmente iremos “quebrar a cara”. Quando isto ocorrer, mude imediatamente. Isto significa dizer que, não adianta ficar batendo cabeça com coisas que você sabe que não darão certo. Muitas vezes uma mudança de estratégia na vida da gente, poderá modificar o nosso futuro e dará um outro rumo para o encontro da nossa felicidade. Mude sempre que precisar, a mudança é única certeza estável em nossa vida.
Pense nisso hoje e reformule os seus conceitos de bem viver.


Mensagem Recebida pelo portal Diabetes.com

==========================

30 de jan de 2011

Flor Amarela

Um dia observando um terreno baldio, fiquei comovido ao identificar em meio a várias ervas daninhas um linda flor de cor amarela.

Não era difícil percebê-la , sua cor e forma contrastavam enormemente com as ervas de coloração verde que a rodeavam.


Durante alguns minutos essa súbita observação suscitou em mim uma série de reflexões: pensei no quanto estamos em um mundo difícil de se viver e no quanto é importante a gente não se pode deixar sufocar pelos problemas.
Conclui que por mais que o mundo esteja cheio de ervas daninhas, nós não temos que nos tornar uma delas. Não importa qual sejam as dificuldades haverão sempre flores amarelas...

Quando deixamos de percebê-las é porque a pretensão de achar que sabemos tudo nos tapa os olhos.

Nisso, perdemos a um pouco da nossa identidade e passamos a achar o nosso lugar ruim de viver. Invejamos o jardim do vizinho.


Achamos que seríamos mais felizes com uma outra casa, carro, emprego... vã ilusão! Poucos são os jardins onde não existem ervas daninhas.
O que torna uns mais belos que os outros é tão somente a maneira como os observamos e a capacidade que temos, ou não, de identificar as flores em meio às ervas daninhas.

Marcos Lima e Ronaldo Oliveira

29 de jan de 2011

Esperamos Demais

Esperamos demais para fazer o que precisa ser feito, num mundo que só nos dá um dia de cada vez, sem nenhuma garantia do amanhã. Enquanto comentamos que a vida é curta, agimos como se tivéssemos à nossa disposição um estoque inesgotável de tempo.
Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser ditas, para pôr de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo.
Esperamos demais para ser generosos, deixando que a demora diminua a alegria de dar espontaneamente.
Esperamos demais para ser pais de nossos filhos pequenos, esquecendo quão curto é o tempo em que eles são pequenos, quão depressa a vida os faz crescer e ir embora.
Esperamos demais para dar carinho aos nossos pais, irmãos e amigos. Quem sabe quão logo será tarde demais?
Esperamos demais para ler os livros, ouvir as músicas, ver os quadros que estão esperando para alargar nossa mente, enriquecer nosso espírito expandir nossa alma.
Esperamos demais para enunciar as preces que estão esperando para atravessar nossos lábios, para executar as tarefas que estão esperando para serem cumpridas, para demonstrar o amor que talvez não seja mais necessário amanhã.
Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco.


Recebemos este de Portaldiabetes 

Desconhecemos a autoria.

====================================
 

27 de jan de 2011

PACIÊNCIA:

No parque, uma mulher sentou-se ao lado de um homem.
Ela disse:
Aquele ali é meu filho, o de suéter vermelho deslizando no escorregador.

- Um bonito garoto - respondeu o homem - e completou: - Aquela de vestido branco, pedalando a bicicleta, é minha filha.

Então, olhando o relógio, o homem chamou a sua filha.

- Melissa, o que você acha de irmos?

Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco minutos!

O homem concordou e Melissa continuou pedalando sua bicicleta, para alegria de seu coração

Os minutos se passaram, o pai levantou-se e novamente chamou sua filha:
- Hora de irmos, agora?

Mas, outra vez Melissa pediu:
- Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutos!

O homem sorriu e disse:
- Está certo!
- O senhor é certamente um pai muito paciente - comentou a mulher ao seu lado.

O homem sorriu e disse:

- O irmão mais velho de Melissa foi morto no ano passado por um motorista bêbado,

quando montava sua bicicleta perto daqui.   Eu nunca passei muito tempo com meu filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com ele.

Eu me prometi não cometer o mesmo erro com Melissa.
Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta.
Na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-lá brincar...

Em tudo na vida estabelecemos prioridades.
Quais são as suas?

Lembre-se: nem tudo o que é importante é prioritário, e nem tudo o que é necessário é indispensável!

Dê, hoje, a alguém que você ama mais cinco minutos de seu tempo.
Eu parei 5 minutos para encaminhar esta mensagem a você

E você, pode perder 5 minutos para passá-la adiante?

"Aquele que procura um amigo sem defeitos termina sem amigos."

Recebemos de Vilmar/BA
Desconhecemos a autoria...

==============================

26 de jan de 2011



A vida da gente é feita de GANHOS e PERDAS.

Os GANHOS geralmente chegam através dos nossos desejos
e merecimentos.

As PERDAS surgem para que possamos entender
o real valor das coisas e muitas vezes,
com uma boa dose de reflexão.

Na verdade as PERDAS em nossas vidas, refletem o empréstimo
que o universo no faz por um determinado período de tempo.
Quanto maior é o tempo, maior é a sua disponibilidade
e merecimento.

Quando as coisas saem de nossas vidas é porque terminou
o seu destino junto a nós.
O mais importante neste tema é entender que na vida tudo
são empréstimos.
Afinal de contas, na viagem para outras dimensões
você não levará nada, pois nada lhe pertence,
a não ser o amor das pessoas e saudade guardada no coração.

--------------

Chico Xavier


=====================

Duas histórias, dois destinos

Primeira história

Certa vez, um garoto era levado à sala de emergência de um hospital, após ter sido atropelado. O motorista que o socorreu, ao ser interpelado para efetuar o depósito necessário ao atendimento, informou que não possuía, naquele momento, dinheiro ou cheque que pudesse oferecer em garantia, mas certamente, se o hospital aceitasse, poderia efetuar o depósito na primeira oportunidade. O atendente, na impossibilidade de liberar o atendimento, mas com a vantagem de estar próximo de um dos diretores do hospital, que também era médico, de plantão naquele momento, resolveu consultá-lo. Todavia, por não ter dinheiro nem garantias para o tratamento, não liberou o atendimento, fato que levou a criança atropelada a falecer. O diretor, novamente chamado para assinar o atestado de óbito do garoto, descobre que este era seu filho, que poderia ter sido salvo se tivesse recebido atendimento.


Segunda história

Antonio, pai de família, certo dia, quando voltava do trabalho, dirigindo num trânsito bastante pesado, deparou com um senhor que dirigia apressadamente. Vinha cortando todo mundo e, quando se aproximou do carro de Antonio, deu-lhe uma tremenda fechada, já que precisava atravessar para a outra pista. Naquela hora, a vontade de Antonio foi de xingá-lo e impedir sua passagem, mas logo pensou: "Coitado...! Se ele está tão nervoso e apressado assim, vai ver que está com um problema sério e precisando chegar logo ao seu destino". E pensando assim, foi diminuindo a marcha e deixou-o passar. Chegando em casa, Antonio recebeu a notícia de que seu filho de três anos havia sofrido um grave acidente e fora levado ao hospital pela sua esposa. Imediatamente seguiu para lá e, quando chegou, sua esposa veio ao seu encontro e o tranqüilizou-o, dizendo: "Graças a Deus está tudo bem, pois o médico chegou a tempo para socorrer nosso filho. Ele já está fora de perigo". Antonio, aliviado, pediu que sua esposa o levasse até o médico para agradecer-lhe. Qual não foi a sua surpresa quando percebeu que o médico era aquele senhor apressado para o qual ele havia dado passagem!

Esteja sempre alerta para ajudar o próximo, independentemente de sua aparência ou condição financeira. Procure ver as pessoas além das aparências. Imagine que, por trás de uma atitude, existe uma história, um motivo que leva a pessoa a agir de determinada forma.

E-mail recebido do Portal diabetenet


Desconhecemos a origem da autoria do texto.

=======================

24 de jan de 2011


Estamos no Twitter







Siga-nos pelo Twitter                                                                 

Extinção do Mal

Na didática de Deus, o mal não é recebido com a ênfase que
caracteriza muita gente na Terra, quando se propõe a combatê-lo.
Por isso, a condenação não entra em linha de conta nas
manifestações da Misericórdia Divina.
Nada de anátemas, gritos, baldões ou pragas.
A Lei de Deus determina, em qualquer parte,
seja o mal destruído não pela violência,
mas pela força pacífica e edificante do bem.

A propósito, meditemos.

O Senhor corrige:

a ignorância: com a instrução;
o ódio: com o amor;
a necessidade: com o socorro;
o desequilíbrio: com o reajuste;
a ferida: com o bálsamo;
a dor: com o sedativo;
a doença: com o remédio;
a sombra: com a luz;
a fome: com o alimento;
o fogo: com a água;
a ofensa: com o perdão;
o desânimo: com a esperança;
a maldição: com a benção.
Somente nós, as criaturas humanas, por vezes, acreditamos que um golpe seja capaz de sanar outro golpe.
Simples ilusão.
O mal não suprime o mal.

Em razão disso, Jesus nos recomenda amar os inimigos e nos
adverte de que a única energia suscetível de remover o mal
e extingui-lo é e será sempre a força suprema do bem.

Xavier, Francisco Cândido; Baccelli, Carlos
A.. Da obra: Brilhe Vossa Luz.
Ditado pelo Espírito Bezerra de Menezes.

Encaminhado a Nós por carlos Alberto/RJ

======================================

23 de jan de 2011

EXCELENTE DOMINGO CHEIO DE ALEGRIAS

Refresque-se de coisas boas ,positivas......
não passe o seu tempo num beco sem saída......
saia um pouco,olhe as coisas pequeninas em sua volta......
vá a um jardim........
veja as cores os aromas as formas de cada flor.....
inspire o ar puro da sua zona mais verde.....só lhe fará bem,vai ver que se carrega de energias positivas para a semana inteira......
hoje esqueça as coisas más os problemas,as mágoas.....
suba uma árvore se puder ,faça de conta que ainda é uma criança,e nunca se importe com o que os outros vão dizer ou pensar a seu respeito.......porque.........
O QUE INTERESSA É SER FELIZ Á NOSSA OU Á SUA MANEIRA

Publicada por Nelio em Domingo, Junho 15, 2008
Blog pequenos nadas
Enviado pelo amigo Luidi/PR

=================================

21 de jan de 2011

A Vida é cíclica.

O mundo moderno nos convida à correria e, em função disso, não temos tempo de observar a natureza, nossa grande mestra. Quem olha o mar e  percebe as marés, as ondas e os ventos pode verificar como tudo tem seu ciclo.

O dia e a noite, as estações do ano, o sol e a chuva, a vida e a morte. O ser humano, com sua sede de poder, procura imobilizar a vida e torná-la certinha, rígida como uma estátua. Mas a vida é dinâmica. Hoje você está bem, amanhã pode não estar...

A vida flui como as ondas do mar e, como um surfista, você precisa aprender a aproveitar suas subidas e descidas, mergulhar e retornar à tona, manter-se na superfície de acordo com o movimento da água.

Quando você resolve eliminar de sua vida o fluxo das ondas e permanecer apenas como observador passivo, você está anulando a sua força vital! Afinal, a vida é uma interminável aventura. E a sabedoria está em saber surfar nas ondas da vida.

Roberto Shinyashiki, em trecho extraído do livro "O Sucesso é Ser Feliz"


20 de jan de 2011

Recomeço...

As vezes é mesmo assim...
Você se sente inseguro,
Perdido, desiludido...
Parece que esta tudo em contra mão.
Que aquele problema não tem solução.
Vê tudo virar de ponta a cabeça.
O direito virou avesso.
Aquele sonho não pode ser realizado.
Aquele amor não pode ser reconquistado.
Acha que esta tudo imperfeito.
Não tem mais jeito...
Pensa mesmo assim???
Então role nesse solo frio.
Chore, grite, esperneie...
Não se asfixie.
Livre-se dessa agonia.
Acabou???
Agora levante-se!!!
Não perca nem mais um minuto.
Use suas garras e lute.
Há um arco-íris por trás dessas nuvens.
No fim do túnel há luzes.
Você esta frágil mas tem forças para crer!
São forças que te farão vencer!
"Lembre-se que há uma divindade que
protege-nos e aos nossos objetivos
Faça de Deus o seu ponto de partida
Onde toda felicidade se concretiza.
Anime-se !
Não perca os sentidos!
Siga os seus impulsos.
Enfrente tudo.
Erga a cabeça..
É hora do recomeço.


(Lu nogfer)


Enviado por Z-Couto/SP

==============================

19 de jan de 2011

A Forceps

Recebo o e-mail de uma amiga contando que mesmo não tendo tempo para mais nada, voltou para as aulas de dança, que está fazendo à noite. Diz ela: "Tem coisas que devemos abrir espaço a fórceps, ou corremos o risco de serem extingüidas de nossas vidas".

Fórceps, todos sabem o que é. Um instrumento que, em obstetrícia, serve para extrair o bebê do útero em caso de pouca dilatação do ventre. Falando assim, parece uma coisa agressiva, mas não é. É um "help". Se a natureza não está ajudando, o fórceps vai lá e puxa o bebê pra vida.

Pois é assim que estamos levando os dias: a fórceps. Se existe uma coisa que não se dilata espontaneamente é o tempo, ao contrário, está cada vez mais apertado, então a gente tem que tratar de extrair tudo o que a gente quer da vida na marra mesmo. Forçando um pouco. E lá vamos nós para a noite, mesmo com medo da própria sombra. Vamos jantar, vamos ao cinema, vamos ao bar, vamos à casa de amigos, vamos cantarolando dentro do carro e com os vidros bem fechados, vamos despistando as neuras e tentando estacionar bem longe das estatísticas estampadas nas páginas policiais.

E a gente promete nunca mais telefonar para quem nos faz sofrer, mas acaba telefonando, e ele atende, e implica, e a gente some, e ele chama, e a gente volta, e briga, e ama, e sofre, e ama, e ama, e ama, e desama, e termina, e quando parece que cansamos, que não há mais espaço para um novo amor, outro aparece, outro parto, começa tudo de novo, aquele ata-e-desata, o coração da gente sendo puxado pra fora.

E a gente faz mágica: vive trinta e duas horas por dia, oito dias por semana, catorze meses por ano — e com um salário microscópico. Fazemos a volta ao mundo com meio tanque de gasolina, dormimos seis horas por noite, sonhamos acordados o tempo inteiro. Bebemos um drinque com as amigas e voltamos para casa sóbrias, entramos no quarto das crianças sem acordá-las, um pássaro não seria mais leve. Lemos todos os livros do mundo nos intervalos da novela, paramos dois segundos para olhar o pôr-do-sol pela janela, telefonamos para nossa mãe ao mesmo tempo em que respondemos o e-mail de um cliente, e se alguém sorri para nós, a gente se aproxima, se arrisca e renasce nestas chances de vida. Porque senão, é da casa pro trabalho e do trabalho pra casa, deixando o tempo agir sozinho, esperando dilatações espontâneas. E, como elas não acontecem, permanecemos paralisados na vidinha mesma de sempre, lamentando o fim das nossas aulas de dança.


Martha Medeiros

18 de jan de 2011

Seja um vencedor...

Se você quer se sentir poderoso, ter um fulgurante carisma e emanar segurança, precisa lutar para conquistar tudo isso. Tem de mergulhar em sua fonte interior de coragem e força, construir autoconfiança e respeito por si mesmo e demonstrar isso através de ação.

Pessoas com inquebrantável auto-suficiência têm um segredo, um conhecimento que as torna diferentes das demais. E isso acontece simplesmente porque elas olharam para dentro, enquanto outras falharam por procurar orientação e incentivo fora de si mesmas. Elas sabem que podem confiar em si próprias porque se submeteram a testes e foram aprovadas com louvor. Ganharam sua medalha de honra e a usam com orgulho. O que pode ser melhor do que você se levar a sério? Do que ter bastante autoconfiança para não se importar se os outros o levam a sério ou não? O que pode ser melhor do que dar a si mesmo respeito e aprovação? É bom ser amado e admirado; mas é melhor ainda você se amar e se admirar... Isso é autoconfiança!

A melhor coisa do mundo é sabermos ser nós mesmos.

17 de jan de 2011

Riscos

Todas pessoas que já conseguiram algo na vida tinham uma coisa em comum; a coragem de arriscar. Quem não aceita risco não consegue nem nascer. Afinal, o parto em si já implica a sua dose de perigo.

A necessidade, e também a vontade, de correr riscos é uma característica da espécie humana. O risco traz muitos benefícios econômicos, psicológicos e uma sensação de prazer. É impossível eliminá-lo das nossas vidas.

Saber lidar com o risco tornou-se uma habilidade muito desejada, seja no alto de uma montanha seja no topo de uma grande corporação. O risco nos traz prazer de superar dificuldades. Seja como for, é inegável que não e possível viver sem enfrentar perigos ou dificuldades. A busca da aventura é uma forma de cada um testar os próprios limites e se sentir vivo. Muitas pessoas sentem um grande dificuldade diante do risco em começar uma nova empreitada somente pelo medo de perder. Perder e ganhar é uma conseqüência de quem se arrisca.

É insano se imaginar pulando de pára-quedas sozinho, hoje a tarde, sem nenhuma experiência, somente para assumir risco, caso deseje pular deverá começar devagar, estudando, treinando a baixa altitude, após um período de tempo você ficará capacitado a pular sem medo e com risco calculado e conhecido. Na vida você deve treinar para assumir risco, fazendo diariamente uma pequena coisa que necessite coragem como: falar em público, cantar em karaoke, comer comida diferente, andar em caminhos diferentes para chegar até o serviço, instalar um novo software no microcomputador, falar que ama para uma linda moça, etc. até se sentir capacitado para começar uma nova aventura, viagem, empreitada, namoro.

Faça o exercício de assumir um risco novo diariamente e notará que em pouco tempo sua coragem aumentará, e terá coragem de assumir riscos cada vez maiores. Independente se ganhar ou perder você sentirá uma maravilhosa sensação de prazer de se sentir vivo.

Recebemos do Portaldiabes.com.br

======================

13 de jan de 2011

Faça

A vida melhora imensamente quando você pára de deixar as coisas acontecerem e passa a fazer as coisas acontecerem. Em vez de ser uma vítima, seja alguém que faz. Em vez de procurar alguém para culpar, procure pelo que você pode fazer. Em vez de perguntar “Por que isso aconteceu comigo?”, pergunte “O que posso fazer?”

Estabeleça suas prioridades e concentre-se em seus objetivos. Nenhuma situação pode lhe derrotar quando você vive com determinação. As coisas que lhe acontecem têm uma importância menor do que tudo aquilo que você pode fazer a respeito.

Seu senso de direção, seu foco, seu comprometimento e sua ação eficaz guiarão você em qualquer situação, não importa o que aconteça.

Seja responsável – nos seus pensamentos, suas palavras, suas crenças, suas ações – pelas coisas que acontecem, e elas ficarão muito mais ao seu gosto. Faça a vida acontecer e ela acontecerá para você também


(Desconhecido Autoria )

===============================

ENERGIAS POSITIVAS

Diz a famosa parábola: “Me digas com quem andas, que te digo quem tu és”. Nunca uma frase foi tão atual, mesmo com mais de 2.000 anos de existência. Criar em volta de si uma atmosfera positiva, com pessoas voltadas às energias positivas do universo, é o caminho mais curto para quem busca a satisfação plena, tanto no plano profissional como no pessoal. Estar cercado de energias e pessoas positivas é como criar uma proteção muito forte contra as oscilações e as surpresas que a vida nos reserva. A energia positiva do homem é tão poderosa que contraria e quebra uma lógica da física: mentes carregadas positivamente atraem mentes positivas.

Pratique isso em sua vida e construa um mundo bem melhor para as próximas gerações.

A.D


=========================================

12 de jan de 2011

Ah!! este envelhecer

Envelhecer explodindo de vida, alimentando-se do prazer.

Envelhecer com os amigos, com os vizinhos, sem importar-se muito com o dogma e a sombra do preconceito.

Envelhecer na santa paz de Deus, com a genética que ele nos deu.

Envelhecer com fé. Fé, paciência divina que sustenta o espírito e faz da alma um menino travesso, sapeca e feliz. Fé de um guerreiro e de um aprendiz.

Envelhecer com a saliva e o paladar presentes na boca, com as lágrimas banhando os olhos, com a pele bronzeada pelo sol e pela lua.

Envelhecer com um sorriso largo no rosto afável.

Envelhecer como o bem que se quis, enxergando-se à frente do nariz.

Envelhecer não é tão doloroso assim. Para alguns, é o fim do mundo, e eu me pergunto: “o mundo tem fim?”

Envelhecer é ganhar do tempo o tempo exato e lapidado para saber aproveitar, compartilhar, multiplicar todas as belezas e obras do sol nascente.

Envelhecer é fazer da abobrinha o prato do dia e do açúcar a festa de domingo.

Envelhecer é comer pela manhã, exercitar o corpo à tarde e relaxar ao anoitecer.

É ir à praia e ao mercadinho, é ver novela, é ir ao cinema e ao shopping, é estar perto do que temos direito, é ser livre. É valorizar a pátria das células, o sangue que transita nas veias, e controlar a oxidação dos tecidos.

Envelhecer é trazer no peito a medalha dos filhos, dos netos, dos bisnetos. É ver a cegonha várias vezes por ano, milhares de vezes sobrevoando o céu.

Envelhecer é dar o colo confortável, o ombro, o abraço, o beijo apaixonado na face de um mimo querido.

Saber envelhecer é qualquer carinho!

O que são as doenças? “Elas dão na gente e não nas pedras”, dizia a minha avó.

Nunca escolhe o dia mais certo ou o mais errado para chegar, nem mesmo bate a nossa porta como uma convidada exemplar. Doença é coisa de velho.

Você tem certeza do que fala ou pensa??? Cuidado com a sua crença. O controle da mente, a vontade de existir, a mão firme, mesmo que frágil, e um dia menos triste espantam qualquer vírus, livram-nos da maca, do convênio e da emergência.

Envelhecer é estar de bem com as árvores, é ver o pássaro colorido, é respeitar o tempo da felicidade, é gostar-se como se gosta dos amigos.

Envelhecer é cantar, dançar, acreditar na sabedoria.

Envelhecer é algo que me anima, possui ritmo e melodia. É experimentar prazeres e galgar descobertas.

Ah, este envelhecer transformou-se em arte, Van Gogh, Monet, Sinatra. Envelhecer é dar bombom aos netos, é brindar a tecnologia. Meu avô, minha avó... Velhos amados que eu pude ter.

Estar velho, antigo, idoso, seja qual for o nome dado... Importa muito pouco o rótulo, importa muito mais a garantia de vida.

Os hormônios, a atividade física, são recursos pelos quais podemos optar sem desmerecê-los.

Amigos, aproveitem: envelheçamos sem preconceitos. Quero estar onde vocês estiverem, com ou sem rugas, com ou sem cabelos brancos, mas repletos de paz e alegria!

A vida não se aprende nas cartilhas, ela está em nossas mãos!

Envelhecer exige, acima de tudo, perseverança e muita paixão.

Desconhecido autoria
----------------------------------------
Recebemos de www.portaldiabetes.com.br

===================================

9 de jan de 2011

A Arte de viver

Teu caminho se abre a cada manhã, tua luz ilumina a cada vez que buscas por tua paz, teu bem maior.
Vê, a vida reserva tantas surpresas...
O dia de hoje ainda tem tanto a oferecer-te...
Abre teu coração, e deixa que a vida te ensine a arte de viver.
Mantém a atenção focada na tua intuição, no teu coração, na tua verdade.
Respira e dá permissão para que teus ouvidos recebam o canto dos pássaros, dos ventos, das matas...
Silencia tua mente e permite que a tua visão seja ampla, vendo sempre além dos erros, além da dor, além das ilusões...
Deixa de lado o que te parecer ruim e dá o teu perdão a ti mesmo...
Lembra que estás aqui apenas para resgatar o que esqueceste, apenas para reaquecer o que deixaste congelar nos vales da solidão.
Confia, tudo está a tua frente. Que o teu dia seja de paz e que o amor não deixe, um só momento, de acompanhar-te.
Não esqueças de ti mesmo, lembra que é o teu estado atento que revela a tua realidade de luz, a tua força e a tua capacidade inesgotável de crescer, de inovar e de ser feliz, muito feliz !!!

A.D

===========================

6 de jan de 2011

Direcione seu olhar

Quando estiver em dificuldade e pensar em desistir, OLHE PARA TRÁS e lembre-se dos obstáculos que já superou.

Se tropeçar e cair, levante, Não fique prostrado, OLHE PARA FRENTE e esqueça o passado.

Ao sentir-se orgulhoso por alguma realização pessoal, OLHE PARA DENTRO e sonde suas motivações.

Antes que o egoísmo o domine, enquanto seu coração é sensível, OLHE PARA OS LADOS e socorra aos que o cercam.

Na escalada rumo às altas posições, no afã de concretizar seus sonhos, OLHE PARA BAIXO e observe se não está pisando em alguém.

Em todos os momentos da vida, seja qual for sua atividade, OLHE PARA CIMA e busque a aprovação de Deus.


Desconhecemos ao Autor(a)


====================

5 de jan de 2011

VOCÊ FICARIA DE PÉ?

Havia um professor de filosofia que era um ateu convicto.

Sempre sua meta principal era tomar um semestre inteiro para provar que DEUS não existe.
Os estudantes sempre tinham medo de argui-lo por causa da sua lógica impecável.
Por 20 anos ensinou e mostrou que jamais haveria alguém que ousasse contrariá-lo,
embora, às vezes surgisse alguém que o tentasse, nunca o venciam.

No final de todo semestre, no último dia, fazia a mesma pergunta à sua classe de 300 alunos:
- Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé!
Em 20 anos ninguém ousou levantar-se.
Sabiam o que o professor faria em seguida.
Diria : - Porque qualquer um que acredita em Deus é um tolo!
Se Deus existe impediria que este giz caísse ao chão e se quebrasse.

Esta simples questão provaria que Ele existe, mas, não pode fazer isso!
E todos os anos soltava o giz, que caia ao chão partindo-se em pedaços.
E todos os estudantes apenas ficavam quietos, vendo a DEMONSTRAÇÃO.
A maioria dos alunos pensavam que Deus poderia não existir.
Certamente, havia alguns cristãos mas, todos tiveram muito medo de ficar de pé.
Bem.... há alguns anos chegou a vez de um jovem cristão que tinha ouvido sobre
a fama daquele professor.
O jovem estava com medo, mas, por 3 meses daquele semestre orou todas as manhãs,
pedindo que tivesse coragem de se levantar, não importando o que o professor dissesse
ou o que a classe  pensasse.
Nada do que dissessem abalaria sua fé...
ao menos era seu desejo.

Finalmente o dia chegou. O professor disse:
- Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé!
O professor e os 300 alunos viram, atônitos, o rapaz levantar-se no fundo da sala.

O professor gritou:
- Você é um TOLO!!! Se Deus existe impedirá que este giz caia ao chão e se quebre!
E começou a erguer o braço, quando o giz escorregou entre seus dedos, deslizou pela camisa,
por uma das pernas da calça, correu sobre o sapato e ao tocar no chão simplesmente rolou,
sem se quebrar.

O queixo do professor caiu enquanto seu olhar, assustado, seguia o giz.
Quando o giz parou de rolar levantou a cabeça... encarou o jovem e...
saiu apressadamente da sala.

O rapaz caminhou firmemente para a frente de seus colegas e, por meia hora,
compartilhou sua fé em Jesus.

Os 300 estudantes ouviram, silenciosamente, sobre o amor de Deus por todos
e sobre seu poder através de Jesus.

Muitas vezes passamos por situações em que acreditamos que "nosso giz" vai quebrar,
mas Deus, com sua infinita sabedoria e poder faz o contrário.

EU ESTOU DE PÉ!!! Alguém me acompanha???

eU ACREDITO EM DEUS..
EU ACREDITO EM JESUS ...
E VOCÊ?


Desconhecido a autoria

Recebemos do amigo Vilmar/BA

==================================

4 de jan de 2011

Desprenda-se, solte-se!

Certa vez, segundo uma lenda da tradição Sufi, um urso faminto perambulava pela floresta em busca de alimento. A época era de escassez. Porém, seu faro aguçado sentiu o cheiro de comida e o conduziu a um acampamento de caçadores.

Ao chegar lá, o urso, percebendo que o acampamento estava vazio, dirigiu-se para uma grande fogueira, ainda ardendo em brasas, e dela tirou uma enorme tina de comida.

Quando a tina já estava fora da fogueira, o urso a abraçou com toda sua força e enfiou a cabeça dentro dela, devorando a comida.

Enquanto abraçava a tina, começou a perceber algo lhe atingindo. Na verdade, era o calor da tina que o estava queimando. Ele estava sendo queimado nas patas, no peito e por onde mais a tina encostava.

O urso nunca havia experimentado aquela sensação; interpretou as queimaduras pelo seu corpo como alguma coisa que queria lhe tirar a comida.

Então, começou a urrar muito alto. E, quanto mais alto rugia, mais apertava a tina quente contra seu imenso corpo.

Quanto mais a tina quente lhe queimava, mais ele a apertava contra seu corpo e mais alto ainda rugia. Quando os caçadores chegaram ao acampamento, encontraram o urso, praticamente sentado, recostado numa árvore próxima à fogueira, segurando a tina de comida. Ele tinha tantas queimaduras que o fizeram grudar na tina e, seu imenso corpo, mesmo morto, ainda mantinha a expressão de parecer rugindo.

Quando terminei de ouvir essa história do mestre Jomano, percebi que, em nossa vida, por muitas vezes abraçamos certas coisas que julgamos ser importantes.

Algumas delas nos fazem gemer de dor; nos queimam por fora e por dentro, e mesmo assim, ainda as julgamos importantes. Temos medo de abandoná-las, e esse medo nos coloca numa situação de sofrimento, de desespero.

Apertamos essas coisas contra nossos corações e terminamos derrotados por algo que tanto protegemos, acreditamos e defendemos.

Para que tudo dê certo em sua vida, é necessário reconhecer, em certos momentos, que nem sempre o que parece ser a salvação vai lhe dar condições de prosseguir.

Tenha a coragem e a visão que o urso não teve.

( Cesar Romão )

3 de jan de 2011

O Momento Certo

Se você espera a hora certa de agir, o momento em que todas as condições sejam ideais, quando suas chances de sucesso estejam garantidas, esse momento nunca chegará. As circunstâncias nunca são perfeitas. Sempre haverá inúmeras razões para não agir.

Ainda assim, se algo deve ser feito, terá de ser sob circunstâncias menos que perfeitas. Quando você aceita o fato de que nunca haverá um momento perfeito, então todos os momentos são perfeitos.

As circunstâncias, quaisquer que elas sejam, funcionarão em seu favor se você trabalhar sem se importar com elas.

As condições desfavoráveis, do jeito que estão, podem ser superadas. O momento atual não é perfeito, mas é o que temos para trabalhar. Ou você o usa, ou o perde para sempre.

Agora não é o momento perfeito, mas é o momento certo para começar a lutar pelos seus ideais. Faça isso agora ou arrependa-se depois.

Autor Anônimo

===========================

O Jornaleiro


Havia um jornaleiro que vivia mal humorado, não gostava do que fazia e ficava sempre irritado. Quando as pessoas chegavam, ele pensava: “Já vem alguém me tirar o sossego”.

Diariamente uma jovem ia à banca comprar jornal, mas o jornaleiro sempre a tratava mal, jogando o jornal e achando ruim, pois tinha que fazer o troco repetidamente, dia após dia.

Até que um dia a jovem vai à banca com sua amiga. O jornaleiro pensa: “Já não bastava uma, agora são duas”. Vendo o comportamento do jornaleiro, a amiga pergunta:

- Você compra jornal aqui todos os dias?

- Sim, por quê?

- Este jornaleiro é sempre mal-educado ou é só hoje?

- Ora, este é o jeito dele, cada um é como é.

- Este cara te trata mal assim todos os dias e você continua tratando-o bem, sendo sempre gentil. Ah, se é comigo... Mas me diga, por que você o trata tão bem?

- Sabe minha avó sempre dizia: “que debaixo da “casca grossa” existe uma pessoa que deseja ser apreciada e amada”.

- Então, quer dizer que se uma pessoa te maltrata e ofende, você ainda fica numa boa? Como é que você consegue ter toda essa paciência?

- Bem, se a pessoa está mal-humorada, deve ter lá seus problemas. Não devemos julgar, mas o que eu não posso é deixar que ela decida como eu devo ser. Afinal, somos 100% responsáveis pela nossa felicidade e, para isso, não podemos nos influenciar pelo mal-humor dos outros.

- É, você tem umas idéias malucas, mas, pensando bem, acho que você tem razão, pois as pessoas felizes são as que não esquentam a cabeça.

- É como vovó também dizia: “Gente feliz não enche o saco”.

A.D
Recebemos de Rita/BA
=========================