31 de mai de 2014

Adicione no Facebook
Clique na imagem.

30 de mai de 2014








15 de mai de 2014

Basta estar morto para viver (JUST BE DEAD TO LIVE)


Por que damos tanto valor ao que se foi? Enquanto a situação está sendo vivida, ou a pessoa está próxima, ou as possibilidades com facilidades de contato existem apenas viramos as costas e falamos: ah legal, depois vejo isso. Mas, quando não temos mais, corremos, gritamos e choramos a ausência.

Enquanto tínhamos o gênio Gabriel García Márquez, alguns nunca tinham ouvido falar dele, outros até tinham, mas nunca leram uma obra. Os especiais sobre sua vida foram um ou outro, poucos sabiam sobre sua condição física e mental e até o fato de que a família não gostava muito de falar sobre. Alguns achavam que ele havia escrito apenas ‘Cem Anos de Solidão’, aquele livro maravilhoso, impossível de ser lido. Que todos afirmavam ser fantástico, mesmo sendo complicado encontrar alguém que realmente tenha se mergulhado neste mundo surreal.

Após sua morte tudo ressurge, é como se tivéssemos descoberto um personagem novo, os livros somem das prateleiras e as editoras veem a grande oportunidade de fazer um dinheiro extra com os livros esquecidos que se tornaram clássicos de imenso valor após o enterro de seu autor. Simples assim.

Não é a primeira vez que isto acontece, e na verdade, desde sempre este tem sido o comportamento humano com relação não apenas ao mundo literário, mas tudo. Van Gogh era um morto de forme, até que morreu, pimba suas obras são tão caras e lindas, e ... e... Ele é o cara!!!! Os Mamonas Assassinas eram uma banda com músicas bizarras e até toscas, bastou todos morrerem em um terrível acidente de avião e pimba, ganharam um documentário. Ah sim, somos um país privilegiado, com uma natureza variada, flores, frutos, árvores maravilhosas, porém não temos um jardim ou parque decente pela cidade, a manutenção é furada, a valorização zero, afinal de contas, eles estão sempre lá, seja primavera ou verão, não temos um inverno rigoroso que cubra de branco nosso verde. A água só é lembrada quando não há mais nada para ser sugado de suas bacias. Você só se lembra de ligar para aquela pessoa quando ela está doente, porque até ontem, enquanto ela estava ao seu lado falando contigo, você estava falando com outra pessoa no whats app

Vivemos em uma sociedade em que os mortos valem e vivem muito mais do que os vivos. Afinal de contas o que é viver? Não compensa ser criança de verdade quando se tem 4 anos de idade se você pode chegar aos 20 e morrer de saudades de quando podia sujar os pés e melecar a cara de chocolate sem ser julgado. 

Assim vamos vivendo..., ou morrendo, na tentativa de construirmos a melhor história para ser contada quando não mais estivermos por perto.

Vale a pena?!

FONTE DESTA Clique Aqui


=================================================

A Rocha

Um homem estava dormindo a noite no interior quando, de repente, sua casa encheu de luz e o Senhor apareceu.
O Senhor disse ao homem que ele tinha um trabalho para ele e mostrou uma rocha enorme na frente da sua casa.
O Senhor explicou que o homem deveria empurrar a rocha com toda sua força.

Isso o homem começou a fazer, dia após dia.
Por meses o homem se esforçou do amanhecer até o por do sol, seus ombros empurrando a superfície da rocha enorme e fria, mas a rocha não mudava.

Cada noite o homem retornava a sua casa, cansado, músculos doendo e sentindo derrotado porque não havia conseguido mudar a grande rocha.

Vendo que o homem estava mostrando sinais de desistir, O Maligno começou a colocar pensamentos negativos na cabeça dele.
De repente o homem se achou pensando “Você está tentando ha muitos meses mudar essa rocha e nunca conseguiu nada.
Para que você está se desgastando?
Isso aí não dará resultado nenhum.”

Mais tarde o homem começou a duvidar assim “Será que Deus queria que eu continuasse esse tempo todo? Ele só disse para eu empurrar a rocha, ele não disse por quanto tempo.
Já faz alguns anos que estou empurrando, talvez eu posso desistir agora.
Pelo menos, eu não preciso empurrar o dia todo e com tanta força.
Eu posso me dedicar uma parte do dia a este trabalho e passar o resto fazendo outras coisas.”

Ele decidiu fazer isso mesmo, mas depois ele chegou a pensar que seria bom orar ao Senhor sobre o caso.

“Senhor,” ele falou, “eu trabalhei duro e por muito tempo no serviço que o Senhor me deu.
Eu dei toda minha força para conseguir o que o Senhor quis.
Mas, depois desse tempo todo ainda não consegui mudar aquela rocha nenhum centímetro.
O que está errado? Por que eu estou sendo derrotado?”

O Senhor respondeu com compaixão.
 “Meu amigo, quando eu lhe pedi para me servir e você aceitou, eu lhe disse que sua tarefa era de empurrar aquela rocha com toda sua força, o que você fez até agora.
Em nenhum momento eu disse que eu esperava que você mudasse a rocha.
 Sua tarefa era de empurrar.
E agora você chega para mim pensando que você fracassou.
Mas, será que foi assim, mesmo?”

“Olhe para você mesmo,” disse o Senhor.
“Seus braços estão fortes e musculosos.
A musculatura das suas costas agora é bem desenvolvida e vigorosa.
Suas pernas estão duras e robustas, suas mãos firmes.
Enfrentando a resistência você cresceu muito e agora suas habilidades ultrapassaram em muito o que você era antes.

Mas, você ainda não mudou a rocha.
Porém, sua tarefa não era de mudar a rocha e sim de ser obediente e empurrar com toda sua força.
Isso você fez, e fez bem.
Ao contrário de ser um fracasso você foi bem sucedido e venceu.
Eu apenas queria que você exercitasse sua fé e confiasse na minha sabedoria. Isso você fez. “Eu, meu filho, agora vou mudar a rocha.”

Às vezes quando ouvimos uma palavra de Deus queremos usar nosso próprio raciocínio para decidir o que Ele quer, quando, o que Deus realmente quer é apenas uma simples obediência e fé nEle.
Com certeza, devemos ter a fé que pode mover montanhas, mas lembrar ainda que quem de fato move as montanhas é Deus.

- do devocional “Tidbits”


======================================

Nunca julgue antecipadamente...

Um médico entrou no hospital com pressa depois de ser chamado a uma cirurgia de emergência.
Ele respondeu ao chamado, o mais rápido possível, mudou de roupas e foi diretamente para o bloco cirúrgico.
Ele encontrou o pai do menino indo e vin
do na sala de espera do médico.
Depois de vê-lo, o pai gritou:



"Por que você tomou todo esse tempo para vir, não sabia que a vida de meu filho está em perigo... você não tem senso de responsabilidade??"
O médico sorriu e disse: "Desculpe, eu não estava no hospital e eu vim o mais rápido que pude depois de receber a chamada... E agora, eu gostaria que você se acalma-se para que eu possa fazer o meu trabalho"

"Me acalmar?
E se fosse seu filho quem estivesse nesta sala agora, você estaria calmo?
Se o seu filho fosse agora o que estivesse morrendo?"  Disse o pai irritado



O médico sorriu novamente e respondeu:.
"Eu vou dizer o que disse Jó na Bíblia "Do pó viemos e ao pó voltaremos, bendito seja o nome de Deus" Os médicos não podem prolongar a vida.
Vou interceder por seu filho, vamos fazer todo o possível pela graça de Deus "

"Dar conselhos quando não estamos em situaçao é tão fácil", murmurou o pai.

A cirurgia levou algumas horas, depois que o médico saiu feliz, "Graças a Deus! Seu filho está salvo!"

E sem esperar por uma resposta do pai, com muita pressa olha para o relógio e foge.
Ao mesmo tempo que vai, ele disse: "Se você tiver alguma dúvida, pergunte a enfermeira!"


"Por que é tão arrogante?
Não podia esperar mais alguns minutos para eu pedir mais informações sobre o estado do meu filho"

E a enfermeira, cheia de lágrimas pelo seu rosto:
"O filho do Dr. morreu ontem em um acidente de estrada, o médico estava no cemitério quando você chamou para realizar a cirurgia do SEU FILHO.
E agora que ele salvou a vida de seu filho, ele correu para terminar o sepultamento de seu filho."


Não julgue as pessoas, você não sabe qual é a realidade delas...



Nunca julgue ninguém, porque você nunca sabe nada sobre a vida dessa pessoa e o que está acontecendo na vida dela.


"Se você ler esta mensagem, compartilhe, para que outras pessoas possam vê-la e refletir sobre isso."

====================================

11 de mai de 2014

VOCÊ É O QUE SEMEOU


 
A vida é como jogar uma bola na parede: Se for jogada uma bola azul, ela
voltará azul; Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde; Se a bola
for jogada fraca, ela voltará fraca; Se a bola for jogada com força, ela
voltará com força.
Por isso, nunca jogue uma bola na vida de forma que você não esteja pronto
a recebê-la.
A vida não dá nem empresta. Não se comove nem tem piedade.
Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos.
 
 
       Certa vez contei uma mentira a um homem. Ele respondeu me dizendo
isto:  - Todas as decisões que devo tomar serão baseadas nas suas palavras.
 
            Desde então, eu só disse a verdade.
            Certa vez reclamei de um presente que recebi, porque não era o
que eu queria. Aquela que me presenteou percebeu o desapontamento em meus
olhos e disse-me isto: - Escolhi o presente mais valioso que poderia
encontrar, porque achei que você deveria ter um deste.
            Desde então, fico muito alegre com cada presente que recebo.
            Certa vez um homem contou-me um segredo, o qual eu sussurrei
baixinho no ouvido de um outro amigo. O homem disse-me isto, depois de
ouvir seu segredo repetido: - A razão pela qual contei-lhe o segredo foi
porque confiei em você, não em seu amigo.
            Desde então, não confio assim tão facilmente.
            Certa vez dei um presente a uma amiga e ela chorou. Me
desculpei por ser um presente tão pequeno mas era o que eu tinha
encontrado. E ela me respondeu: - Não há nada de errado com o presente,
estou emocionada porque
você lembrou-se de mim.
            Desde então, eu dou presentes freqüentemente.
            Estava tentando apenas ser eu mesmo, passando despercebido sem
chamar atenção.
            E me foi dito isto:  - O fato de você não se adequar faz com
que você fique fora de tudo.
            Desde então, eu penso sobre isto.
            penso ... existo... penso... somos...
 
            ...VOCÊ é um agente muito importante na existência, não vivemos
aqui sozinhos.
            Cada movimento que faz cria uma onda no oceano do outro. Cada
vez que vc respira afeta todo o ar a volta de quem vc esta.
            Cada palavra que vc expressa bate no ouvido de alguém.
            Aquilo que vc toca é sentido por outra pessoa.
            Aquilo que vc faz, certamente afetará alguém.
            O que não faz ou deixa de fazer, também afetará pessoas.
            Nós nunca sabemos a distância realmente alcançada por algo que
falamos ou fazemos até que nos retorne...
            Todas as coisas na vida formam um círculo e estamos no meio
dele, quer o vejamos ou não...
            E tudo que devemos fazer é criar agradáveis ondas, aquelas que
envolvem calorosamente tudo em torno de você, e que voltam suaves, fazendo
por sua vez que você crie, cada vez mais, ondas agradáveis.
            Aquilo que o homem semear, com certeza também colherá.

AD

======================================================
 


FANTASIAS DE SONHOS ESQUECIDOS






Queria poder esquecer
o quanto te amo.
Mergulhar no poço das ilusões passadas;
reconstruir, com lembranças,
um futuro sólido
para  que não tivesse que viver
a dor da solidão
presente em meu sentir,
espelhado na tua ausência presente,
desnuda de emoções,
entoando o cântico da saudade

entre fragilizados acordes  musicais
que ressoam aos meus ouvidos,
desfazendo em realidade
 os meus sonhos esquecidos.

((( Schyrlei Pinheiro )))

===================================

COMPARTILHANDO ALEGRIA




Nélio DaSilva

Compartilhar as alegrias e sucessos de alguém revela a solidez de uma amizade realmente genuína. Mas será que você algumas vezes não se enche de inveja em relação a algo muito bom que aconteceu com um amigo? Ou quem sabe você se esqueceu de trazer conforto e ajuda a uma pessoa amiga que enfrentou um eventual desgosto ou infortúnio?...

Certamente que nem sempre é fácil estar feliz em função daquilo que os outros estão conseguindo ou recebendo. Um colega de trabalho, por exemplo, que alcançou uma promoção tão desejada...; ou uma colega de faculdade que se casou com um indivíduo muito rico...; ou talvez alguém que convida uma pessoa – não você... - para umas férias maravilhosas...Qualquer uma dessas coisas, ou muitas outras podem fazer com que você permita que sentimentos devastadores cresçam dentro de você, a ponto de você desejar que seu amigo fracasse e de alguma forma caia em algum lugar.

Pare agora por um momento apenas, e imagine a maneira como alguém se sentiria se a situação fosse inversa... A solução diante disso é aplicar o mesmo tratamento a todos. Jamais se esqueça de que é dando que você recebe, e que para ter amigos, antes de mais nada você tem que ser amigo!





"Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram".
(Romanos 12:15 -NVI)
  
==========================================================

5 de mai de 2014

Ser guerreiro é:


Saber que não existem atalhos para o destino.
E que em hipótese alguma,haverá vitória sem luta,
e não haverá luta sem adversários.
A derrota, para o guerreiro, nada mais é que o adiamento
da inevitável vitória.
O Guerreiro é, por natureza própria, perseverante.
Pensa em desistir mas não desiste,
pensa em fugir mas não foge,
pensa em vingança mas não vinga.
Se sente medo, não o deixa dominá-lo,
tampouco deixa invadi-lo, o conhece apenas para evita-lo.
Assim, através do autodomínio, alcança a plenitude
do não-pensamento, onde o Tudo se torna Vazio,
e o guerreiro se torna um com esse vazio,restando apenas o
infinito Amor.
Alcançou seu objetivo, se tornou um com seu caminho.
E deste ponto em diante, do alto de sua consciência,
sabe que nada é impossível.
Não há e nem haverão de existir barreiras insuperáveis,
inimigos invencíveis, ou caminhos que não possam ser
percorridos. E também sabe que, quando se quer alguma
coisa, o universo inteiro conspira a seu favor.
Fazendo a vida valer a pena, tentando sempre, desistindo jamais.
Tornando o sonho verdade, o erro em acerto, a barreira em passagem,
o desespero em solução. Verdadeiro, simples, decidido e objetivo.
Compreende a todos, mesmo sabendo que é incompreendido.
Com coragem, através da honra, e pelo Amor,sempre!
Boa reflexão
Visto no facebook de Wilson Versolato

=============================================================

2 de mai de 2014

A troca


Há um antigo ensinamento oriental que diz:
Se dois homens caminham por uma estrada em sentido contrário, e cada um traz consigo um PÃO, e em determinado ponto eles se encontram e trocam os pães, cada um segue seu caminho levando um pão.
Porém...
Se dois homens caminham por uma estrada em sentido contrário, e cada um deles traz consigo uma IDEIA, e em determinado ponto eles se encontram e trocam as ideias, cada um segue seu caminho, levando agora DUAS IDEIAS.
É assim: quando trocamos bens materiais, não acrescentamos muito ao nosso patrimônio, mas quando trocamos experiências, conhecimentos e idéias, transformamos nossa mente numa ferramenta fecunda, capaz de proporcionar-nos mais sabedoria, um patrimônio intangível.
Compartilhei este clássico exemplo para que possamos refletir sobre seu ensinamento.
Paz e Alegria,
Carlos Hilsdorf
PÁGINA OFICIAL: Carlos Hilsdorf





Dizem por aí que, não vale a pena chorar pelo leite derramado, pelo sangue perdido, pelo segundo que passou, pelo tempo que não volta mais..

Dizem por aí que, não vale a pena se lamentar por não ter ido aquele encontro, não ter feito aquela... ligação, não ter estudado mais, não ter dito eu te amo...

Dizem tantas coisas por aí, mas pessoas esquecem que só sente quem passa, ou quem deixou passar!

É necessário sim, o arrependimento e o lamento, sem eles não saberíamos discernir o certo e o errado, o desejo e a ilusão, nem o bom e o ruim.

Sem o choro e o lamento, acharíamos que tudo o que fizemos ou deixamos de fazer, seria o certo e então deixaríamos de ter bons motivos para viver e dar a volta por cima.

Portanto esqueça por aí o que os outros tanto dizem e viva todos os seus momentos e repense sim em suas atitudes, afinal como dizia o poeta:

"Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena."

Leia e Medite...



Um jovem foi se candidatar a um alto cargo em uma grande empresa . Passou na entrevista inicial e estava indo ao encontro do diretor para a entrevista final. O diretor viu seu CV, era excelente. E perguntou-lhe: 
- Você recebeu alguma bolsa na escola? - o jovem respondeu - Não.
- Foi o seu pai que pagou pela sua educação?
- Sim - respondeu ele.
- Onde é que seu pai trabalha?
- Meu pai faz trabalhos de serralheria.
O diretor pediu ao jovem para mostrar suas mãos.
O jovem mostrou um par de mãos suaves e perfeitas.
- Você já ajudou seu pai no seu trabalho?
- Nunca, meus pais sempre quiseram que eu estudasse e lesse mais livros. Além disso, ele pode fazer essas tarefas melhor do que eu.
O Diretor lhe disse:
- Eu tenho um pedido: quando você for para casa hoje, vá e lave as mãos de seu pai. E venha me ver amanhã de manhã.
O jovem sentiu que a sua chance de conseguir o trabalho era alta!
Quando voltou para casa, ele pediu a seu pai para deixá-lo lavar suas mãos.
Seu pai se sentiu estranho, feliz, mas com uma mistura de sentimentos e mostrou as mãos para o filho. O rapaz lavou as mãos de seu pai lentamente. Foi a primeira vez que ele percebeu que as mãos de seu pai estavam enrugadas e tinham muitas cicatrizes. Algumas contusões eram tão dolorosas que sua pele se arrepiou quando ele a tocou.
Esta foi a primeira vez que o rapaz se deu conta do significado deste par de mãos trabalhando todos os dias para pagar seus estudos. As contusões nas mãos eram o preço que seu pai teve que pagar por sua educação, suas atividades escolares e seu futuro.
Depois de limpar as mãos de seu pai, o jovem ficou em silêncio organizando e limpando a oficina do pai. Naquela noite, pai e filho conversaram por um longo tempo.
Na manhã seguinte, o jovem foi encontra-se com o Diretor.
O diretor percebeu as lágrimas nos olhos do moço quando ele perguntou:
- Você pode me dizer o que você fez e aprendeu ontem em sua casa?
O rapaz respondeu:
- Lavei as mãos de meu pai e também terminei de limpar e organizar sua oficina. Agora eu sei o que é valorizar, reconhecer. Sem meus pais, eu não seria quem eu sou hoje... Por ajudar o meu pai agora eu percebo o quão difícil e duro é para conseguir fazer algo sozinho. Aprendi a apreciar a importância e o valor de ajudar a família.
O diretor disse:
- Isso é o que eu procuro no meu pessoal. Quero contratar uma pessoa que possa apreciar a ajuda dos outros, uma pessoa que conhece os sofrimentos dos outros para fazer as coisas, e que não coloca o dinheiro como seu único objetivo na vida. Você está contratado.
Uma criança que tenha sido protegida e habitualmente dado a ela o que quer, desenvolve uma mentalidade de "Tenho direito" e sempre se coloca em primeiro lugar. Ignora os esforços de seus pais.
Se somos esse tipo de pais protetores, estamos realmente demonstrando amor ou estamos destruindo nossos filhos?
Você pode dar ao seu filho uma casa grande, boa comida, educação de ponta, uma televisão de tela grande... Mas quando você está lavando o chão ou pintando uma parede, por favor, o faça experimentar isso também . Depois de comer, que lave os pratos com seus irmãos e irmãs. Não é porque você não tem dinheiro para contratar alguém que faça isso; é porque você quer amar do jeito certo. Não importa o quão rico você é, você quer entender. Um dia, você vai ter cabelos brancos como a mãe ou o pai deste jovem.
O mais importante é que a criança aprenda a apreciar o esforço e ter a experiência da dificuldade, aprendendo a capacidade de trabalhar com os outros para fazer as coisas.
(Tradução da postagem de Adri Gehlen Korb)