25 de set de 2014

Reflita sempre

 Devemos sempre lembrar que a realidade
das nossas vidas é :
Ontem virou historia, amanha sera uma possibilidade,
mais hoje e uma dadiva de Deus,viva seu dia
o melhor que puder,ame,perdoe,peça perdão
e não deixe de dizer a quem você
ama, eu te amo,pois como o amanha
é uma possibilidade pode não
se concretizar,
que Deus nós abençoe com 
amor.

Abraços !!!

HUMILDADE

HUMILDADE é uma das melhores qualidades que uma pessoa pode ter.
Não estou falando de submissão,de baixar a cabeça,de não ter opinião própria em relação a alguma coisa.Estou falando de Humildade.
Qualidade que pouco tem se visto hoje em dia. Humildade pra aceitar que errou,voltar atrás e pedir desculpa.Não importa quanto tempo passou,não importa o que se disse.
Humildade pra admitir que precisa de ajuda,que precisa de apoio pra sair de uma determinada situação.
Humildade pra calar,quando vemos que o nosso comentário pode magoar alguém,humildade pra calar pra evitar uma discussão fora de hora,humildade pra se despir do qualquer orgulho e dizer a uma pessoa que você ama,que a ama,e que gostaria que ela continuasse sempre na sua vida.
Humildade pra se relacionar com as pessoas,não importando quem elas sejam.Desde o guarda do seu prédio,o vendedor do supermercado,até ao mais alto estatuto.
Humildade pra fazer favores,pra ajudar,pra apoiar sem que com isso você se prejudique.Humildade pra agradecer as coisas que as pessoas fazem por nós,por mais pequenas que sejam.

--------------------------------------

A escolha é

Você quem escolhe o seu caminho.
Aquele que melhor deve trilhar.
Mesmo que nele encontre espinho,
Estes existem para lhe ensinar.
Ensinar até o que melhor querer
Para bem neste mundo se ajustar.
E assim ter aqui um belo viver,
Um viver onde possa muito amar.
Amar a tudo aquilo que o rodeia.
E este amor deve ser o que medeia
O seu acender e apagar das luzes.
Luzes que as vezes nos trazem cruzes,
Que sintonizam com o merecimento
De uma luta por um bom sentimento.

Chico Xavier
Livro 200 poesiA

------------------------------------------------

Reflita Sempre

"Ninguém esta livre de mostrar pequenos defeitos, assim como tem o dever de mostrar suas grandes qualidades."

-------------------------------------------------

"Aquilo que repartir, multiplicar-se-á .Aquilo que não compartilhar, dividir-se-á e desaparecerá."

--------------------------------------------------------

"Se tentou e fracassou, se planejou e viu seus planos ruírem, lembre-se de que os maiores homens da história foram produtos da coragem, e a coragem bem sabemos, nasce no berço da adversidade."

-----------------------------------------------------------

22 de set de 2014

CAVANDO UM BURACO




Dois irmãos decidiram cavar um buraco bem profundo atrás de sua casa.
Enquanto estavam trabalhando, dois outros meninos pararam por perto para observar.
- O que vocês estão fazendo? - perguntou um dos visitantes.
- Nós estamos cavando um buraco para sair do outro lado da terra! - um dos irmãos respondeu entusiasmado.
Os outros meninos começaram a rir, dizendo aos irmãos que cavar um buraco que atravessasse toda a terra era impossível.
Após um longo silêncio, um dos escavadores pegou um frasco completamente cheio de aranhas, insetos e pedras interessantes. Ele removeu a tampa e mostrou o maravilhoso conteúdo aos visitantes gozadores. Então ele disse confiante,
- Mesmo que nós não cavemos por completo a terra, olha o que nós encontramos ao longo do caminho!
Seu objetivo era por demais ambicioso, mas fez com que escavassem. E é para isso que servem os objetivos: fazer com que nos movamos em direção de nossas escolhas, ou seja começarmos a escavar!
Mas nem todo objetivo será alcançado inteiramente. Nem todo trabalho terminará com sucesso. Nem todo relacionamento resistirá. Nem todo amor durará. Nem todo esforço será completo. Nem todo sonho será realizado.
Mas quando você não atingir o seu alvo, talvez você possa dizer,
- Sim, mas vejam o que eu encontrei ao longo do caminho! Vejam as coisas maravilhosas que surgiram em minha vida porque eu tentei fazer algo!
É no trabalho de escavar que a vida é vivida. E, afinal, é a alegria da viagem que realmente importa.

============================


COMO VAI O SEU NÍVEL DE AMOR?




Como vai o seu nível de amor? 
Você anda amando bem e sendo bem amado? 
Será que você está vivendo todo o potencial de amor que você tem direito? 
Será que está aproveitando cada segundo de vida para amar de verdade? Será que você esta pronto para receber muito amor? 
Comecemos pelo começo, como será que anda seu pensamento em relação ao amor? 
Será que você está preso a uma relação do passado, acreditando que seria feliz se fosse com aquela pessoa que há pouco tempo atrás te deixou de maneira esquisita? 
Será que você continua amarrado a um sonho com medo de ser feliz agora? Ou será que você já assumiu a carapuça do "eu não nasci para ser feliz no amor" e tá aceitando qualquer gorjeta da vida, ou seja "qualquer traste serve", e vive se arrebentando em amores frustrados, vazios, onde só você enxerga "um grande amor"... ? 
Mais uma vez o medo de assumir as rédeas da sua vida, e a criação de um mundo imaginário, te impedem de viver um grande amor. 
Mas, pode ser que você esteja vivendo uma relação apagada, com alguém que você se acostumou, com alguém que você acredita ser totalmente dependente, seja financeira ou espiritualmente. 
Acorda hoje para a vida e cobre a sua parte de felicidade do Universo, você tem direito de ser feliz, tem direito à uma quota de amor maior que você imagina, mas é preciso que você mude sua forma de pensar sobre suas qualidades, sobre você mesmo como ser único, entende? 
Acredite que você merece ser feliz e mude tudo! Se tudo vem dando errado, muda tudo. 
Pinta o cabelo de azul ou roxo, pinte as unhas, troque sua roupa, 
se você é conhecida como pessoa bondosa e santa vire um sexy-simbol, uma pessoa desejada. 
Arrebenta tudo, muda de ponto, pegue ônibus errado, saia do Chat e vá para a vida, parque, cinema, teatro, etc. 
Ame-se e dê uma chance para seu anjo te ajudar! 
É hoje o dia! 
Dê um "OFF " em tudo que é ruim!         
Ame-se mais! 

==========================================================

21 de set de 2014

AMIGO


ACREDITE EM VOCÊ...

Não importa o que é o mundo.
O importante são os seus sonhos.
Não importa o que vc é.
O importante é o que vc quer ser.
Não importa onde vc está.
O que importa é para onde vc quer ir.
Não importa o porquê.
O importante é o querer.
Não importam suas mágoas.
O importante mesmo são suas alegrias.
Não importa o que você já passou.
O passado?
Guarde na sua lembrança.
Nunca pense em julgar.
Não veja.
Apenas olhe.
Não escute.
Apenas ouça.
Não toque.
Sinta.
Acredite naquilo que quiser.
Não adianta sonhar se vc não lutar...
O mundo é um espelho.
Não seja apenas um reflexo.
Só acreditando num futuro vc
conseguirá a paz para alcançar seus sonhos.
Afinal, o que importa?
VOCÊ IMPORTA!
ACREDITE EM VOCÊ!


(a.d)


=============================

O AUTO-RETRATO








No retrato que me faço
- traço a traço -
às vezes me pinto nuvem,
às vezes me pinto árvore...

às vezes me pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...

e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,

no final, que restará?
Um desenho de criança...
Corrigido por um louco!

(( Mario Quintana ))

“Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas...
O tempo passa...
E descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!”



Bob Marley

 "Se você agir sempre com dignidade, pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na terra um canalha a menos."


Millôr Fernandes

14 de set de 2014



Facebook

Visite-nos 

no

FACEBOOK




Vamos combinar que muitas vezes não há segredo algum, inimigo algum, interrogação alguma, nenhuma entidade obsessora além da nossa auto sabotagem.
A gente sabe que esticar a corda costuma encolher o coração, mas a gente estica.
A gente sabe que nos trechos de inverno é necessário se agasalhar, mas a gente se expõe à friagem.
A gente sabe que não pode mudar ninguém, que só podemos promover mudanças na nossa própria vida, mas a gente age como se esquecesse completamente dessa percepção tão sincera.
A gente lembra os lugares de dor mais aguda onde já esteve e como foi difícil sair deles, mas, diante de circunstâncias de cheiro familiar, a gente teima em não aceitar o óbvio, em não se render ao fluxo, em não respeitar o próprio cansaço.
Eu pensava em todas essas armadilhas enquanto caminhava na Lagoa, um dia de céu de cara amarrada, um tiquinho de sol muito lá longe, tudo bem parecido comigo naquela manhã.
Eu me perguntei por que quando mais precisamos de nós mesmos, geralmente mais nos faltamos. Que estranha escolha é essa que faz a gente alimentar os abismos quando mais precisa valorizar as próprias asas.
Como conseguimos gostar tanto dos outros e tão pouco de nós.
Eu me perguntei quando, depois de tanto tempo na escola, eu realmente conseguirei aprender, na prática, que o amor começa em casa.
Por que, tantas vezes, quando estou mais perto de mim, mais eu me afasto.
Eu me perguntei se viver precisa, de fato, ser tão trabalhoso assim ou se é a gente que complica, e muito.
Como conseguimos ser tão vulneráveis, ao mesmo tempo que tão fortes.
Somos humanos, é claro, mas ser humano é ser divino também.
Eu não tenho muitas respostas e as que tenho são impermanentes, como os invernos, os dias de céu de cara amarrada, os lugares de dor, os abismos todos, o bom uso das asas, os fios desencapados, as medidas e as desmedidas.
Tudo passa, o que queremos e o que não queremos que passe, a tristeza e o alívio coabitam no espaço desta certeza.
Eu não tenho muitas respostas.
O que eu tenho é fé.
A lembrança de que as perguntas mudam.
Um modo de acreditar que os tiquinhos de sol possam sorrir o suficiente para desarmar a sisudez nublada de alguns céus.
E uma vontade bonita, toda minha, de crescer.

Retirado do Blog - http://arcadoconhecimento.blogspot.com.br/

=============================================================================

7 de set de 2014

QUANDO UMA MULHER É GRANDE OU PEQUENA


 
 
Você sabe quando uma mulher é grande ou pequena? 
 
Há mulheres de todos os gêneros: histéricas, batalhadoras, frescas, 
profissionais, chatas, inteligentes, gostosas, parasitas, sensacionais. 
Mulheres de origens diversas, de idades várias, mulheres de posses ou de 
grana curta. 
Mulheres de tudo quanto é jeito. Mas, se eu fosse homem prestaria atenção 
apenas num quesito: se a mulher é do tipo que puxa pra cima ou se é do tipo 
que empurra pra baixo. 
Dizem que por trás de todo grande homem existe uma grande mulher! 
Meia-verdade. Ele pode ser grande estando sozinho também. Mas, com uma 
mulher xarope ele não vai chegar a lugar algum. 
Mulher que puxa pra cima é mulher que aposta nas decisões do cara, que não 
fica telefonando pro escritório toda hora, que tem a profissão dela, que o 
apóia quando ele diz que vai pedir demissão por questões éticas e que 
confia que vai dar tudo certo. 
Mulher que empurra pra baixo é a que põe minhoca na cabeça dele, a que tem 
acesso de carência bem na hora que ele tem que entrar numa reunião, a que 
não avaliza nenhuma mudança que ele propõe, a que quer manter tudo como 
está. Mulher que puxa pra cima é a que dá uns toques na hora de ele se 
vestir, a que não perturba com questões menores, a que incentiva o marido a 
procurar os amigos, a que separa matérias de revista que possam 
interessá-lo, a que indica livros, a que faz amor com vontade. 
Mulher que empurra pra baixo é a que reclama do salário dele, a que não 
acredita que ele tenha taco pra assumir uma promoção, a que acha que viajar 
é despesa e não investimento, a que tem ciúmes da secretária. 
Mulher que puxa pra cima é a que dá conselhos e não palpite, a que 
acompanha nas festas e nas roubadas, a que tem bom humor. 
Mulher que empurra pra baixo é a que debocha dos defeitos dele em rodinhas 
de amigos e que não acredita que ele vá mais longe do que já foi. 
Se por trás de todo grande homem, existe uma grande mulher, então vale o 
inverso também: por trás de um pequeno homem, talvez exista uma mulherzinha 
de nada. 


NAMORAR DEPOIS DOS CINQÜENTA




    Nessa idade, depois do meio século, o amor já percorreu estradas, dobrou esquinas e optou em encruzilhadas...
Já errou, já acertou, já deslizou, já se arrependeu e, inevitavelmente ,o tempo se foi.
    Viveu-se o amor, perdeu-se o amor, ganhou-se amor, alguns pelas mãos de Deus, outros pelo relacionamento do viver a dois.
 Hoje o olhar em direção ao amor continua mais lindo,  pois na longa caminhada dos sentimentos, aprendemos a somar, a dividir e a multiplicar, sem chances de diminuir no conhecimento do sentimento do amor. O amor maduro chega de mansinho e se aloja em nossa vida, sem tempo para acabar. O caminhar a dois é mais sereno, a cumplicidade existe, o carinho é mais espontâneo, não nos inibimos
diante do querer, a sintonia é completa e as lembranças são depositadas no álbum das saudades, que guardamos, de um tempo que não volta mais mas que trazem grandes e gostosas recordações.
     Namorar nessa idade é carregar a ternura no olhar.
     O brilho é mais intenso, à vontade de acertar é mais forte.
A construção do caminhar a dois é a soma do querer, é o encontro de duas almas aplaudidas por dois corações que dividem a emoção de amar.
     As pequeninas atitudes, os gestos e os detalhes são os alimentos que sustentam este amor.  Viver a dois é a alegria da companhia, do chamego dengoso, dos beijos ainda calientes, dos insinuantes olhares quando o desejo se manifesta e  a promessa no olhar de que em todo amanhecer, será o mais belo bom dia entre
 dois seres que encontraram o amor!
     Então... namore !!!!

     Mesmo depois dos cinqüenta...

AS COISAS IMPORTANTES DA VIDA






   Certa vez, um sábio mestre pegou um pote de barro e chamou seu discípulo.   Então, o mestre colocou algumas pedras muito grandes dentro do pote e perguntou ao discípulo:
- Está cheio?
 E o discípulo respondeu:
- Sim.
 O mestre pegou uma sacola cheia de pedregulhos e a virou dentro do pote e tornou a perguntar ao seu discípulo;
- E agora, o pote está cheio?
 O discípulo respondeu com firmeza:
- Sim, mestre, desta vez o pote está totalmente cheio.
O mestre então pegou uma lata de areia e a derrubou dentro do pote.   A areia preencheu os espaços entre as pedras grandes e os pedregulhos.   Após o mestre encher o pote com a areia até o topo, o discípulo afoito disse:
- Pronto! Agora acabou, mestre.   Não é possível colocar mais nada neste pote.   O mestre respondeu não discípulo com um sorriso nos lábios e virou um copo de água dentro do pote de barro.   A água encharcou a areia.
  Depois disso, o mestre pegou um novo pote igual e pediu que o discípulo repetisse a experiência, só que deste vez na ordem inversa dos elementos.   O discípulo começou colocando a água, depois a areia, depois as pedras menores e por fim tentou colocar as pedras grandes, mas estas já não couberam no pote, pois boa parte havia sido ocupada com coisas menores.
 O mestre então se dirigiu ao discípulo e concluiu a lição:
- O pode de barro é a nossa vida.   A nossa disponibilidade de tempo é o que cabia dentro do nosso pote.   As pedras grandes são as coisas realmente importantes de nossa vida: o nosso crescimento pessoal e espiritual e nosso relacionamento com a família e os amigos.   Se você der prioridade a isso e se mantiver aberto para o novo, as demais coisas se ajustarão por si:
 - Seus afazeres, como, a profissão, seus bens direitos materiais, seu lazer e todas as demais coisas novas que completam a vida.   No entanto, se você preenche sua vida com coisas pequenas, as coisas realmente importantes nunca terão espaço.



CASTELO DE AREIA



          Num dia de verão, estava na praia, observando duas crianças brincando na areia.
          Elas trabalhavam muito, construindo um castelo de areia, com torres, passarelas e passagens internas. Quando estavam quase acabando, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma. Achei que as crianças cairiam no choro, depois de tanto esforço e cuidado, mas tive uma surpresa. Em vez de chorar, correram para a praia, fugindo da água.
          Rindo muito, de mãos dadas, começaram a construir outro castelo...
          Compreendi que havia recebido uma importante lição: gastamos muito tempo de nossas vidas construindo alguma coisa. Mas, uma onda poderá vir e destruir o que levamos tanto tempo para construir. Se isso acontecer, somente aquele que tem as mãos de alguém para segurar será capaz de sorrir!
          Tudo é feito de areia, só o que permanece é o nosso relacionamento com as outras pessoas. Pense nisso!


AOS MEUS QUERIDOS AMIGOS


 
 
             Gurdjieff costumava dizer: 
"Tudo o que guardei, perdi; e tudo o que dei, é 
 meu. Tudo o que dei, ainda está comigo, e tudo o que guardei, perdeu-se, 
 sumiu.". 
             Isto é verdade: 
você tem somente aquilo que compartilhou. 
Você só  tem amor na medida em que você compartilhou. 
O amor não é uma propriedade a  ser guardada: 
ele é uma radiância, uma fragrância a ser compartilhada. 
              Quanto mais você compartilha, mais você tem; quanto menos você compartilha, 
 menos você tem. 
Quanto mais você compartilhar, mais estará brotando do âmago 
 do seu ser; é infinito: mais estará jorrando. 
Tire água de um poço, e mais  água, mais água fresca vai brotando do poço. 
Não tire a água, feche o poço, 
 torne-se um avarento, e as nascentes não funcionarão mais. 
Em pouco tempo,  as nascentes se tornarão mortas, bloqueadas; e a água que 
está no poço,  morrerá, se tornará salobra, suja. 
             A água que flui, é fresca... o amor que flui, é fresco.
 
 Tudo de mim pra vocês.



===========================================================



A IMPORTÂNCIA DE SABER VIVER




 No Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris, estão em destaque algumas regras de vida escritas pelo pensador russo Georges Ivanovich Gurdjieff (1872 -1949).
Os estudiosos do comportamento humano apontam os princípios do bem viver:

 Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo.

Aprenda a dizer não. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.

 Planeje seu dia, mas deixe espaço para o improviso, pois nem tudo depende de você.

 Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, você se exaure.

 Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem sua atuação.

 Não seja responsável pelo prazer de todos.

 Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.

 Diferencie problemas reais daqueles imaginários e elimine-os.

 Tente descobrir o prazer de fatos cotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem achar que isso é o máximo a se conseguir na vida.

 Evite se envolver com a ansiedade e a tensão alheias.

 Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso.

 É preciso ter sempre alguém em quem se possa confiar e falar abertamente.

 Não queira saber se falaram mal de você; escute o que falaram de bom, com uma certa reserva analítica.

 Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo... para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.

 A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.
 Uma hora de intenso prazer substitui com folga três horas de sono perdido.

 Não esqueça nem abandone suas três grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé.