31 de mar de 2008

A Doença mais contagiosa do mundo...

Há uma história sobre um fazendeiro que ansiosamente cumprimentava cada novo dia com um ressonante,-
Bom dia, Deus!
Ele morava perto de uma mulher cuja saudação matutina era sempre igual,
- Bom Deus já é manhã ?
Um era exatamente o contrário do outro.
Onde ele via oportunidades, ela via problemas.
O que o deixava satisfeito, a ela deixava descontente.
Uma luminosa manhã e ele exclamou:
- Olhe que bonito céu! Você viu que amanhecer glorioso?
- Ora, ela respondeu.
Ficará tão quente quequeimará toda a colheita!
Durante uma tarde chuvosa, ele comentou,- Isto não é maravilhoso?
Hoje a mãe natureza estádando o que beber ao milho!
- E se não parar logo , veio a resposta azeda,
vamos nos arrepender por não ter feito seguro contrainundação nas colheitas!
Convencido que ele poderia melhorar um pouco aquela atitude endurecida, ele comprou um cachorro notável.
Não um vira-lata qualquer, mas o cachorro mais caro,altamente treinado e talentoso que ele pudesse encontrar.
O animal era primoroso!
Poderia executar tantos feitos notáveis e impossíveis que, pensou ofazendeiro, seguramente vai impressionar até mesmo sua vizinha.
Assim ele a convidou a assistir as ações de seu cachorro.
- Vá buscar!
Ele comandou lançando uma vara em um lago e a vara flutuou, subindo e descendo na ondulação da água.
O cachorro, esperto, aguardou que a vara se aproximasse da margem, caminhou pela água e recuperou a vara.
- Viu que cão esperto?
O que você acha disto?
Ele perguntou entusiasmado e sorrindo.
- Hummm, ela carranqueou.
Ele não sabe nadar, não é?
Às vezes eu penso que pensamento negativo é a doença mais contagiosa do mundo.
Mais contagiosa do que qualquer vírus conhecido, e da mesma maneira mortal.
Mas uma boa atitude de otimismo e maravilha também pode ser contagioso!
Qual você está espalhando hoje?


Steve Goodier
Tradução: Sergio Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu