14 de out de 2008

A PROVA

Em idade, dois alunos combinaram de estudar
juntos para a última prova do período.

Na véspera da prova, se encontraram na casa de um deles.
Livros e cadernos em cima da mesa, toca o
telefone. Um deles atende, conversa rapidamente e diz para o outro:
- Apareceu uma festa agora, vamos ?
Mas a gente não ia estudar ? A prova é amanhã cedo.

Não tem problema. Saímos mais cedo e quando
chegar a gente estuda. Então, tá.

Na festa: música, meninas, animação, o tempo passa,
passa, e só saem de lá às 4 da manhã. Chegam
exaustos e desabam na cama. Acordam às 10.
-- E agora ? A prova era às 8... O professor é o maior carrasco.
Só daria segunda chamada se a gente estivesse no CTI.

-- O jeito é falar com ele.
Vão à faculdade e entram envergonhados no gabinete do professor:
-- Bom dia, professor.
-- Bom dia. Acho que os senhores não vieram
fazer a prova hoje cedo, não é ?

-- É. Nós inclusive gostaríamos de pedir desc...
-- Pneu, professor - interrompeu rapidamente o outro. -- Nós
estávamos vindo para cá e o pneu furou.
Não tinha estepe. Veja só professor, andar de carro sem
estepe... -- E continuou a explicar toda a história.

-- Tudo bem, eu entendo. A prova de segunda
chamada será amanhã às 8.

Os alunos felizes saem da sala.
No horário marcado da prova, tudo certo para começar, os dois
alunos sentados em cantos afastados da sala.

-- Como a prova é pequena, vou escrever no
quadro o enunciado. Vocês têm duas horas.

O professor então escreve: Primeira questão

QUAL DOS PNEUS DO CARRO FUROU?


Retirada do Site
http://www.rivalcir.com.br/mensagemdia2005/outubro12.html



============================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu