5 de ago de 2009

Bom dia, meus queridos amigos e amigas...!

Que a Paz e o Amor de Cristo esteja sempre com voces!
Hoje quero deixar essa mensagem pra voces...

Muna-se de calma, abasteça-se de silencio.
Vá ter com as flores, com as árvores, com as frutas.
Até os animais, os mudos animais, têm lições para os homens.
Olhe-os bem.
Escute seu eterno silencio.
Fez Deus as cores para nós.
Abra os olhos, deixe-as entrar na alma, enfeite com elas o coração.
O céu, museu de arte, aberto dia e noite; bienal de valor,
cedida pelo Pai aos filhos, olhe o sempre, a ponto de decorá-lo.
Deixe-o alegrar-lhe a vida.
Comece bem o dia.
Comece-o com um pequenino plano de trabalho.
Preveja, proveja-se.
Se tiver pressa, seja apenas exterior.
Tenha o coração parado, anadando parado.
Aprenda a nadar, em terra, no mar dos trabalhos, nas vagas das tribulações.
Cabeça para fora.
O rítmo é tic-tac do tempo e da coragem.
Toda cadência canta vitória.
A pausa é quase "Paz S.A.".
Não some dia com dia.
Pó somado, trabalho dobrado.
Vale isto da vida, vale da diária da vida.
Não deixe o coração sem um bom habitante.
Expulse dele o morador, que atormenta.
Haja paz.
Não siga a primeira onda, não adote a primeira impressão,
não creia em cálculos apressados.
A paz da alma é filha da ordem da alma.
Tudo em seu lugar, tudo a seu tempo, tudo a seu modo.
Não aceite pensamentos turvos.
Não asile sentimentos atropelados.
Desvie-se dos maremotos interiores.
Decrete calma, durante a borrasca.
Acorda, sem pressa, o dia.
Abrem-se vagarosas as flores.
Andam sossegados os rios.
Por que havemos de ser os únicos a correr?
Colecione impressões agradáveis, limpas, lindas, leves.
Refugie-se nelas, quando lhe ferver a cabeça.
Imite o céu, quando se espalma, sereno e mudo,
por cima das tormentas dos homens.
Descanse, ouvindo música, quando se cansar,
de tanto ouvir as pessoas.
Creia, busque, tenha e fomente recursos espirituais.
Aprenda, o quanto antes, a rezar.
Não se importe, não se implique tanto com sua pessoa.
Vá ter com os outros.
Gaste mais tempo com eles.
Um bolo de algodão desfaz a fúria de uma bala.
Uns poucos metros de areia aquietam os ímpetos do mar.
Olhar manso termina briga. Vence o amor.
Contrarie elegantemente seus sentimentos inquietos.
Siga o caminho da cabeça.
Nem sempre o coração acerta, em matéria de rotas.
Deixe esfriar seus sentimentos.
Deixe esfriar até os pensamentos.
Faça tudo com calma.
Force a Paz.
Não conte o que faz de bem.
Não desconte na coragem de fazer o bem.
Teime na bondade.

**********

Amo voces e desejo-lhes todas as bençãos de Deus.

Recebenos esta da grande amiga
Cida zarpellon - Passos/MG


=======================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu