14 de nov de 2009

FAZER O QUE GOSTA

Sua melhor oportunidade de prosperar está em fazer o que você gosta.
O amor é uma energia.
Tudo que a gente faz com amor está impregnado dessa “energia de qualidade”, e esse tipo de energia é mais passível de se transformar em dinheiro.
Mas isso não significa ausência de frustração ou de dor....
Fazer o que você gosta não é uma receita para uma vida mais fácil, é uma receita para uma vida interessante.
O mais provável é que você assuma maiores responsabilidades e tenha mais problemas...
Mesmo assim, pode valer a pena...

Quando a gente se interessa pelo que faz, o entusiasmo é o que mais ajuda; afinal, quando a gente está apaixonado, não precisa da motivação de ninguém.
Por exemplo: se você abrir o restaurante dos seus sonhos e ninguém aparecer por lá, tente novas receitas, idéias e locações até que o estabelecimento fique lotado. Se lhe falta capital, leve seu entusiasmo a alguém com mais dinheiro que você e tente uma sociedade. Pode ser que você passe por algumas frustrações, mas, no fundo, você sabe que está avançando. Decerto é necessária muita determinação, mas a sua paixão é o seu alicerce.

A vitalidade provém de um senso de propósito. Você tem o dever para consigo, e para com os demais, de fazer quilo que o entusiasma. Já existe muita gente morna no mundo que se queima sem nunca ter se aproximado do fogo.

Só que é bom lembrar que acompanhar o seu sonho não é nenhuma garantia de viagem fácil. A vida geralmente se torna mais desafiadora, porém, você embarca numa viagem exterior que começa numa viagem interior. E tem oportunidade de florescer – de ver na verdade quem você é.

Em poucas palavras: seja onde for, você não está plantado – você é um ser humano, não uma árvore!


(texto de Andrew Matthews no livro "Siga seu coração")


===========================================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu