31 de jul de 2011

Escolhas

Você já parou para pensar que a todo o momento, em nossas vidas, estamos fazendo escolhas. Desde as mais simples, como o que vestir pela manhã, até escolhas que podem definir o futuro da nossa vida.


Tamanha é a dose de arbitrariedade, que podemos escolher olhar para as coisas boas que a vida nos oferece ou somente para os problemas que temos pela frente. Podemos escolher se faremos as nossas coisas com grande comprometimento ou apenas por fazer.


A opção em ter objetivos que nos levem a uma posição diferente, a uma posição melhor, ou seja, a um lugar ao sol, também é uma questão de escolha. Podemos também simplesmente escolher em não ter objetivos e deixar a vida nos levar, mas não podemos reclamar, se ela nos levar para um lugar não desejado. Escolhemos também se continuaremos a lutar pelos nossos objetivos ou simplesmente desistir.


Nos relacionamentos também escolhemos. Escolhemos como trataremos as pessoas e como deixaremos que elas nos tratem, como faremos as críticas e como aceitaremos as críticas. Fica muito claro que as escolhas fazem parte de nosso dia a dia.


A vida é tão cheia de escolhas que podemos decidir em reclamar da vida ou lutar para deixá-la cada vez melhor. As escolhas são tantas que podemos escolher olhar para os problemas que temos como valiosos objetos de aprendizado, crescimento e superação, pessoal, profissional e até mesmo espiritual.


Ainda temos a fantástica opção da escolha: fazer coisas que nos tragam coisas boas ou ações que nos tragam coisas negativas.


Veja que a nossa vida é o resultado de nossas escolhas.


Agora pense e escolha o que você quer para você, mas escolha de verdade. E se aqui posso dar um conselho: escolha principalmente ser feliz.


Adriano Fabri 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu