26 de nov de 2011

O Eu no espelho

Há um eu em cada linha,
tantos eus em cada verso,
há um tu e há um nós.
Há mil faces,
mil disfarces;
há um canto,
há um santo e um capeta;
Há um velho e uma velha.
Há conflitos,
sou um grito,
o fervilhar de minhas veias.
Há o sonho e a revolta:
o eu no espelho.
Há batidas,
há sentidas,
mágoas no meu peito.
Há presenças,
há uma ausência,
há vazio,
há meu cio,
há dois corpos,
muitos copos,
há desejos.
Há! Intensamente.


Moisés Augusto Gonçalves, Pra brilhar


===========================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu