20 de mai de 2012

O TRIGO



A história do grão de trigo é admirável.
Cai na terra. Submerge nela. Morre. Nasce e sai ao ar, que é seu campo de batalha. Em seguida, encontra vários inimigos, a começar pelas neves e geadas.
Para não morrer, o jovem trigo agarra-se obstinadamente à vida e sobrevive. Chegam temperaturas baixíssimas, capazes de queimar qualquer ser vivente; o pobre trigo, ainda tão tenro, novamente se agarra à vida com uma obstinada perseverança.
À medida que passa o inverno, o trigo vai vencendo todos os obstáculos, um a um.
Vem a primavera, o trigo levanta a cabeça e começa a escalar velozmente a ladeira da vida. Chega o verão, e (prodígio!) aquele humilde grão se transformou em um esbelto e elegante talo, coroado por uma espiga dourada com cem grãos de ouro.
Se tivéssemos a paciência do grão de trigo!


Tem certos dias que ficamos incomodados com nossos problemas, gerando aflições e pré-ocupações. Às vezes é a falta de dinheiro, uma hora a discussão mais acalorada com a pessoa amada, um desconforto com um amigo ou outras horas temos um problemão na empresa para resolver. A maneira mais inteligente para superar estes desafios é acreditar que tudo vai dar certo. Bom, falar é fácil, o difícil é acreditar e saber esperar. Isto mesmo, a paciência, junto com a determinação e a coragem é parte fundamental do seu desenvolvimento em busca da superação humana e uma das principais lições a serem aprendidas nesta sua passagem terrena. Quando estes três modelos de atitudes passam a ser uma fonte energética na sua mente, você terá uma vida mais tranqüila, pois forças poderosas irão abrir novos caminhos. Não é que os problemas ou as dificuldades vão acabar de uma hora para outra. Não pense assim! O que ocorre nestes casos é que o nível de intensidade dos problemas irá diminuir gradativamente, acabando com aquela dorzinha bem em cima do estômago que nos impede de acreditar no futuro. Quando usamos com coerência as três atitudes teremos uma vida rica em alegria e próspera, pois o grande desafio da humanidade é acreditar que podemos construir um mundo bem melhor.
É como dar uma oxigenada no cérebro. Acredite em você! Acredite na vida!
Acredite no Universo, pois ele é bondoso e generoso com aquelas pessoas que fazem a diferença pelo caminho da fé interior.

A.d

============================