29 de set de 2012

QUE SOCIEDADE É ESSA?



Hoje acordei indignado. Tem dias que acordamos assim, com certa indignação por tudo a nossa volta.
Indignado com tantos sapos que nos fazem engolir.
Indignado com tanta mentira, tanto tapinha nas costas.
Indignado com tanta gente nas esquinas, pedindo uma moedinha.
Indignado com tanto subemprego em cada ponto de ônibus ou passarelas da nossa cidade.
É! Eu sei... Já parei para pensar:
Indignação, com camisa passada e roupa lavada é muito fácil de ter.
Indignação, com uma qualidade de vida acima dos padrões do nosso país é tranqüilo ter.
Acontece que as pessoas têm vergonha de se dizerem bem de vida, têm vergonha de se valorizarem como indivíduos.
As pessoas não querem se mostrar como elas realmente são e como vivem.
A maior indignação é o que a sociedade faz das pessoas, o que a sociedade transforma nas das pessoas.
Em geral, quem não vence na vida vê com desconfiança aquilo que seu semelhante conseguiu.
Ignoram o direito que também têm de conseguirem ser vitoriosos; preocupam-se com a vida alheia.
- Nosso vizinho deve estar metido em alguma falcatrua!
- Ele não trabalha, está sempre em casa!
Quanto mais fazem isso, quanto mais energias gastam com isso, mais se atolam.
Eu diria que depois da Igreja, o grande problema e o grande freio da humanidade é a sociedade.
Em nome dessa sociedade hipócrita, as pessoas são tolhidas de seus sonhos, achando que nunca terão nada na vida, a exemplo do que a maioria das pessoas simplórias diz:
- O que fazer? Deus quis assim.
- O dinheiro não traz a felicidade!
- Eu não sou ambicioso!
Em nome dessa sociedade, pessoas são doutrinadas a serem infelizes, pois a felicidade vem sempre acompanhada de tristezas, portanto, não dá para ser sempre feliz.
Não é o que dizem?
Em nome dessa sociedade, as pessoas devem aprender a baixar a cabeça para tudo e para todos; afinal, deve existir respeito. Respeito para com os poderosos, respeito para com os mais velhos; não é isso que nos ensinam ao longo da vida?
Em nome desse respeito, os poderosos, os gananciosos todos mais velhos - pois canalhas também envelhecem - somos massacrados por esse poder vil, por esse rio de sujeiras.
Vemo-nos alijados de coisas básicas em nossas vidas e cada vez mais esses senhores, que a sociedade nos ensina a respeitar, passam com suas comitivas de batedores ao lado das nossas janelas.
Em nome dessa sociedade, nossas crianças aprendem nos colégios de grife a cultivarem o preconceito pelos mais necessitados, achando que podem desrespeitar a todos que não se enquadram em sua classe social.
Em nome dessa sociedade, portadores de alguma necessidade especial são vítimas de preconceito, no seu convívio social e pouco ou nada se faz em favor de uma melhor qualidade de vida dessas pessoas.
Em nome dessa sociedade, moradores de rua são espancados e levados para lugares longínquos como se fossem cães sarnentos. Ensinam-nos a sermos medíocres, a não nos valorizarmos como cidadãos e como indivíduos; a não lutarmos por nossos ideais. Não queira isso para você! Valorize-se, acredite no seu sonho e no seu ideal de vida. Não seja medíocre como infelizmente tantos foram e tantos são. Conquiste seu espaço, não inveje o seu semelhante. Você pode ter tudo o que ele tem e até muito mais. Descubra-se, seja grande e seja você.!

A.D

======================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu