22 de dez de 2012

OLHOS HUMANOS




Se você parar agora e olhar para a sua situação real, se você analisar crua e friamente o seu momento, o que vai te restar? Não, para e pensa, se formos olhar pelo lado humano da coisa, onde você pode chegar?. De repente, você responde que está tudo bem quando te perguntam sobre a situação, mas é uma resposta automática, porque no fundo no fundo não tá nada bem, sua vida está um caos, ou muito perto de chegar lá. Talvez esteja vivendo dificuldades no relacionamento, esteja sentindo-se só, doente, abandonado por todos, cheio de dívidas, com sentimento de frustração e revolta. Você olha de um lado, problemas, de outro problemas, para baixo, mais problemas e se olhar para o alto é capaz de passar um pássaro e "derrubar a titica" em você...
Aos olhos do mundo, você está: derrotado(a)!. Mas, o mundo não responde com os olhos humanos, nem tampouco repara na sua situação atual, o que realmente importa é o sentimento que você carrega. Presta atenção que isso é muito importante e muita gente consegue arrancar fortunas, felicidade, saúde, amor e muito mais até das pedras e nas situações mais adversas, graças ao sentimento de vitória, a certeza de seus ideais e uma vontade verdadeira de mudar tudo. Olha o exemplo de Ford, que não tinha um tostão, foi ridicularizado por diversos banqueiros, mas não desistiu enquanto não colocou a sua empresa fabricando carro em série.
Abrahan Lincoln, o décimo sexto presidente dos Estados Unidos da América, nasceu em berço humilde. Aos 21 anos de idade sabia apenas ler e escrever. Foi lenhador, agricultor e comerciante. Mais tarde formou-se em direito e se iniciou na advocacia, em 1836.

Olha o quadro da sua vida:
1816 - Sua família é despejada de casa por falta de pagamento do aluguel. tem que trabalhar para manter a casa.
1818 - Morreu a mãe que ele adorava.
1831 - Montou comércio e quebrou.
1832- Candidato a governado. perdeu.
1832 - Perdeu seu trabalho. Quer estudar Direito, mas não consegue entrar na Faculdade.
1833 - Pediu dinheiro emprestado a um amigo, montou um negócio e no final do ano faliu (perdeu tudo). (passou quase 17 anos pagando a dívida).
1834 - Candidato a Assembléia Estadual - Ganhou.
1835 - Compromete-se a casar. Sua noiva morre em acidente terrível.
1836 - Teve um colapso nervoso e passa seis meses em cima de uma cama.
1838 - Candidato a porta voz da legislatura estadual e perde.
1840 - tenta a reeleição estadual e perde.
1843 - Candidata-se ao Congresso e finalmente ganha.
1848 - Tenta a reeleição ao Congresso. Perdeu.
1849 - Tenta ser Chefe de Cadastro de seu Estado e perde.
1854 Candidata-se ao Senado - perde
1856 Tenta convencer o partido a ser candidato a vice presidente na chapa e tem menos de 100 votos. perdeu!
1858 Candidata-se ao Senado novamente. Perdeu.
1860 Finalmente, eleito presidente dos Estados Unidos da América.

Diga-se de passagem, um dos maiores presidentes dos E.U.A, mas para atingir esse posto, só com muita perseverança, vontade e determinação, assim como o nosso Lula, 3 derrotas seguidas (perdeu até para o Collor!!), e mesmo assim, não desistiu de sonhar, de acreditar e lutar por esse sonho. Então, se você quer mudar a sua vida, não olhe para trás, não olhe para as limitações, para as falhas, para as dívidas, para a vergonha, para os "pseudos amigos", olhe para a sua meta, para o seu objetivo e coloque Deus na sua frente, o resto é resto e conversa fiada para tirar você da sua vitória. A decisão é sua, ficar na lamentação, arrumando pretexto para continuar a mesma pessoa, na mesma vidinha, ou transformar-se em exemplo vivo para a história, ser um vencedor, uma pessoa vitoriosa. Onde você quer chegar hoje?


Paulo Roberto


======================================================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu