27 de abr de 2008

À BEIRA DA EXTINÇÃO

Humanidade esteve à beira da extinção,
segundo paleontólogos


A humanidade esteve à beira da extinção há cerca de 70 mil anos,
após condições climáticas extremas, revela um estudo publicado
nesta quinta-feira (24) por uma equipe de paleontólogos.
"Quem iria pensar que há apenas 70 mil anos um clima extremo
reduziria nossa população a um número ínfimo, nos deixando à beira da extinção",
destaca Meave Leakey, professor de paleontologia da Universidade Stony Brook,
de Nova York.
Estudos precedentes já tinham revelado que a população humana,
que hoje registra 6,6 bilhões,
chegou a ter 2.000 indivíduos há 70 mil anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu