11 de ago de 2012

O CRÍTICO



"Não é o crítico que importa, nem o homem que aponta como o homem forte tropeçou, ou onde o autor das proezas poderia ter feito melhor.
O crédito pertence ao homem que está na arena, cujo rosto está desfigurado pela poeira, pelo suor e pelo sangue; que luta corajosamente; erra e muitas vezes não obtêm sucesso, que conhece os grandes momentos, as grandes consagrações e gasta seu tempo numa causa gratificante.
Quem, no melhor dos casos , conhece no final o triunfo das grandes conquistas, e que, na pior das hipóteses, se falhar, ao menos falha lutando bravamente, de modo que nunca estará ao lado dos pobres de espírito que não conhecem vitória nem derrota."

AD
===============================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sobre a mensagem acima que você leu